Sobre mim


Jóbedis Magno de Brito Neves, mais conhecido como Jobão, é Eng. Químico da UFCG, Historiador e colaborador de alguns sites de Campina Grande-PB, entre eles: Retalhos históricos de Campina Grande, Portal Agora Esporte, Futebol de pelada CG e o Dignow.org. Considerado por muitos comoum   verdadeiro “coringa” da nossa várzea. Valente, aguerrido e principalmente habilidoso, tanto que quando jogava no ataque se transformava em artilheiro. A única posição que se negava a jogar era a de goleiro, e respondia quando perguntado: “como vou jogar ali, se nem grama nasce”. Foi um dos melhores zagueiros de futebol de salão da cidade e um dos grandes centroavantes do futebol da pelada campinense de antigamente. Era realmente um verdadeiro "coringa" do futebol amador. Hoje também dedica grande parte do seu tempo neste "Museu Virtual do Esporte de Campina Grande Grande". A vocês que acessam esse museu virtual, eu pretendo aqui externar opiniões sobre fatos diversos, do esporte amador, mas e, principalmente, falar e mostrar um pouco sobre os esportes da minha amada cidade de Campina Grande e seus jogadores do passado. Espero contar com a sua visita e a sua participação com comentários sobres os temas, valorizando ainda mais esse espaço democrático.

27 comentários:

Anônimo disse...

Jobão, vc é como uma estrela, não vejo o amigo toda hora, mas seu que vc existe, forte abraço, a saudade é grande, mas vc mesmo diz, as vezes faz bem ao coração!!!

Jonas didi

jose crispiniano disse...

JOBÃO, JAMAIS PODERIA ENCONTRAR TANTOS BOLEIROS ( BOM DE BOLA COMO SE DIZ DO OUTRO LADO DA FRONTEIRA,RIVERA-URUGUAY) DEPOIS DE 40 ANOS, ENTRE ELES, ZACARIAS,ALEXANDRE,AOS CIL,TOM,OTOM, PEDRINHO E MUITO MAIS.
OBRIGADO TAMBEM,SEUS COLABORADORES POR FAZEREM COM QUE POSSAMOS VIVER NOSSA PROPRIA HISTORIA.
CRISPIM

comentario disse...

Prezado velho amigo Jóbedis, sempre estou vendo as fotos dos Times Amdores da noossa Epoca no Museu Virtual do Esporte da Nossa Querida Campina Grande, não vejo foto do Real Campina, Atletico da Prata, do Time do Nego Roberto, São os Dirigentes que não Enviaram as fotos para fazer parte desse Museu Especial....
Um grande abraço do velho amigo PAULINHO.

Palmas - Tocantins., 18 de março de 2012
32 anos ausênte da minha querida campina grande-Pb.

JOBEDIS disse...

Paulinho acho que vc nÃO VIU O MUSEU TODO TODOS ESTES TIMES JA FORAM CITADOS, INFELIZMENTE NÃO HA UMA INTERAÇÃO DE ANTIGOS JOGADORES PARA A REMESSA DE FOTOS
ABS
JOBEDIS

MARCOS ANTONIO CUNHA FARIAS disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
severo disse...

quando ninguém lembram de vc e hora de vc vender
seu peixinho kkkk oi minha campina grande eu sou
(BOINHA)Peladeiro das antigas goostei de rever muitos destas pessoas que estao nas foto jogaram comigo fiquei sopreso com os que morrões
fica aqui meu abraço

edna batista disse...

Gostaria que vocês publicassem fotos do time de voley do CPUC e Treze dos anos 80.

Jobedis Magno disse...

MANDE SUA FOTO E SEU HISTORICO

MarilucFalcão Diniz disse...

Parabéns, Jobedis Magno pela simplicidade e pela iniciativa de reunir em um museu virtual , um elenco de noticias do esporte de nossa cidade do passado que já tinha fugido da história, mas nunca de nossa memória. Agora sim, está registrado, e tão bem registrado para as gerações futuras, é tanto que o Museu esta tendo um acesso no mundo todo. Ninguém soube contar tão bem esta página futebolística de sua terra, como você, é um espécie de Museu de nossa “Rainha da Borborema”que tem história, homenagens e cheiro de Campina Grande. Suas crônicas são providas de uma característica incomum, por retratar, com absoluta fidelidade, o perfil e hábitos de seus conterrâneos, companheiros de futebol, tornando os fatos e fotos numa leitura tão gostosa.

Anônimo disse...

Bom dia,
Hoje, 31/01/13 visito o seu blog pela primeira vez. Gostei muito, moro em Caicó RN, Terra que tinha relação muito forte com o esporte campinense. Diziam que os jogadores das equipes caicoenses da década de 70,eram os veteranos de Campina Grande, aí eu lembro de Sandoval, Vavá, Geovak, Nanã, Vando etc.
Parabéns pelo seu belíssimo trabalho.

Manoel Renísio de Souza

H. Racine disse...

Jobedis, gostaria de te enviar para posterior publicação, algumas fotos antigas de times de futebol de Campina , a exemplo do Central de bairro da Prata onde meu pai jogou.

Hélder Racine.

Jobedis Magno disse...

Pode mandar que colocarei com tofo o prazer manda por email
jobedismagno@hoymail.com

Nereu Pereira dos Santos Neto disse...

Mestre Jóbedis,
Parabéns! Não dava para imaginar em 1969 (44 anos atrás) que aquele colega do 4o. Ginasial Turma B Turno da Tarde do "Gigantão"', que com a bola colada no pé e algumas vezes na mão a lançava para um colega mais bem colocado para alcançarmos as vitórias nos rachas do "recreio", estaria hoje em dia "alimentando" diuturnamente com "grandes pílulas de memória da nossa Campina" os colegas que estão fora da nossa cidade.
Te agradecendo pelo "alimento" diário, vamos juntos aos 200 mil, 300 mil,....
Um grande abraço para você e para os amigos leitores,
Nereu Neto"

HELENA SANTOS SILVEIERA (LENINHA) disse...

AMIGO JOBEDIS TIVE O PRAZER DE VER O SEU BLOG HOJE E PUDE VOLTAR AO PASSADO COM MUITA EMOÇAO. VOU PROCURAR NOS MEUS GUARDADOS ALGUMAS FOTOS PARA MANDAR. DEPOIS DE TANTAS LEMBRANÇAS MEMORAVEIS QUERIA RECORDAR TAMBEM AS INESQUECIVEIS OLIMPIADAS INTER-COLEGIAIS REALIZADAS NA AABB COM DIREITO A TORCIDAS ORGANIZADAS HINOS E TUDO MAIS.ENFIM O COLEGIO ESTADUAL DA PRAT, SEUS ATLETAS (COMO VOCE) É COMO A SELEÇAO DE 70 NINGUEM ES QUECE. ABRAÇOS.

Elda Maria Siqueira disse...

Vejo as postagens do meu querido colega do Gigantão o Jobedis, um dos craques daquele time de futebol treinado pelo Pai Véi. Aquilo não era uma equipe era uma máquina de fazer gols.As olimpíadas eram de fato o auge para nós todos , alí esperando dia a dia, treinando para enfenntarmos nosso maior rival, o 11 de Outubro. tudo era uma grande festa e a AABB se enfeitava para receber aquela gurizada de todos os colégio de Campina Grande . As finais? Estadual da Prata x qual outro colegio.

H. Racine disse...

Jobedis, não deu pra recuperar as fotos não?

Bylla Gouveia disse...

Amigo Jobedis, parabéns por resgatar a história do nosso futebol de outrora tanto amador como profissional, abraços.

Jobedis Magno disse...

Estou de volta para agradecer as inúmeras mensagens que alguns deixaram aqui e no meu email. Penso que ultrapassou todas as minhas espectativas que tinha quando abracei este projeto de resgatar a historia do esporte de Campina Grande. Dentro dos meus limitados conhecimentos de informática e do pouco tempo que a minha vida profissional me permite e em muitas vezes em detrimento da minha vida pessoal, tentei manter a historia a fiel e com algumas dinâmica, o que tem permitido um elevado número de visitas um pouco espalhadas pelo mundo. Espero que continuem a participar como até aqui e que possam ir dando novas idéias para juntar ás que já vou tendo projetadas para a próxima etapa da historia .Obrigado a todos os que têm participado e espero que este espaço continue a ser um ponto de encontro e de boa disposição. Obrigado pelas mensagens de carinho! È muito bom saber que podemos contar com o apoio de vocês em cada historia e fotos que o Site coloca no ar. Qualquer pergunta é só deixar uma mensagem aqui no blog ou no meu email jobedismagno@hotmail.com, que logo em seguida eu volto com as respostas.
Abraços a todos
Jobedis

Wilson Diniz disse...

Parabéns, meu caro amigo. Você é o Nelson Rodrigues de Campina Grande. É uma pena que você é vascaíno, mas é compreensível. Espero que você lembre de Wilson, que jogou no Treze - infantil de futebol de salão -. Na época, eu e o Gilson rebentava. Guimarães, Som, Glauco e Ernani não viam a bola. Eu sempre escondia a bola. Vocês me batiam muito. Acredito que Zico, quando jogava não apanhou tanto. De Campina Grande, eu sempre admirei o jeito de jogar do Tiquinho como pivô. Gioto era muito bom, mas tinha limitações em criar belas jogadas individuais. Som só sabia bater com sua esquerda que era um torpedo. De Campina Grande, no futebol de campo, o Assis era um craque e o Joza que jogava na ponta esquerda do Treze, hoje, seria sucesso na Seleção Brasileira.

Meu filho mais novo, Henrique, jogou com Marcelo do Real Madrid e foi campeão de futebol de salão no Rio. Ele ia para o Fluminense, mas resolver estudar e terminar o mestrado na FGV. Com 26 anos é executivo de uma grande seguradora.
Eu joguei futebol de praia quando cheguei no Rio. Tenho a mesma idade do Zico, Edinho, Junior e do Pintinho. Na praia do Flamengo, ganhei do time do Flamengo juvenil, com Cantareli, Rondineli e cia. Na praia, eu era uma artista da bola, magro e leve. na areia não me pegavam...parabéns e fico feliz com sua saga de não esquecer os amigos de infância que fizeram a nossa história.
Hoje, estou do outro lado da vida, lidando com política, professor de análise de conjuntura e assessor de governo.
Devo volta a Campina Grande no início do mês de dezembro para falar com o Romero e o secretário de Educação de João Pessoa para falar de Royalties e investimento em Educação.
de Wilson Diniz, tel- 021-80-32-15-14 abs

Wilson Diniz

Vera Marinho Dias (Verinha) disse...

Jobedis
Tive o prazer de ver o seu blog hoje e pude voltar ao passado com muita emoção. Vou procurar nos meus guardados algumas fotos para andar. Depois de tantas lembranças memoráveis queria recordar tambem as inesqueciveis olimpiadas inter-colegiais realizadas na AABB com direito a torcidas organizadas hinos e tudo mais.Enfim o Colégio Estadual da Prata era um timaço e vc um verdadeiro craque junto com Valdir Ventinha e Gil o time era como a seleção de 70 ninguem es quece. abraços.

EDNALDO disse...

Caro amigo Jobedis
Primeiramente deixe-me reapresentar: sou EDNALDO Queiroz e estudei no Gigantão contigo.
Saí de Campina Grande 73 e vim para o Rio, onde estudei, constituí família e trabalho desde então.
Já li boa parte de seu blog e quero parabenizá-lo pela excelente qualidade do que está publicado aqui. E confesso que aportando aqui fiz uma fantástica viagem ao passado, relembrando, no ritmo de seus textos, algumas passagens de nossa infância lá em nossa querida cidade Campina

Anônimo disse...

Olá, parabéns pelo blog, vc tem algum material falando sobre Irapuan?

Desde já grata!

Jobedis Magno disse...

Irapuan foi um dos grandes jogadores do bairro do São josé sua homenagem ja esta editada saira acredito na proxima semana, se vc tiver fotos dle como atleta mande para eu postar no seguinte email jobedismagno@hotmail.com

Rosilda disse...

Ola sou filha de Lelê, a família ficou feliz por sua postagem sobre a vida de Lelê, mas el não estar muito bem, não anda, não fala e não se alimenta mais sozinho. Se tiver interesse em fazer-lhe uma visita o endereço dele é Rua Vicente Gomes de Almeida, 66 - Bodocongó. Telefone de Contato (83) 87767798.(Esposa)

INDEPENDENTE ESPORTE CLUBE disse...

Só fiquei sabendo hoje do falecimento de Jobedis, não o conhecia pessoalmente, mas um certo dia mais precisamente maio de 2012, navegando na internet encontrei o seu blog e desde esse momento não parei de acessa-lo, muito interessante como ele tinha uma memória sobre a história do futebol amador e como também sobre o bairro onde nasceu, realmente vai deixar muita falta para todos os seus familiares e amigos, fica aqui as minhas condolências a família pela perda dessa grande encicoplédia.

Anônimo disse...

conheci o balde do açude novo,joguei lá e também nos coqueiros do zé rodrigues.Nossa!..parece que com as cronicas do jobão(não o conheci na epoca), tive a sensação de voltar ao passado.tinha um campinho atras das clarice onde o pessoal da comunidade são joaquim bricava de bola. O jobilis conhecia a essencia mais pura da arte de escrever,cronista muito talentoso,merece uma homenage com placa de bronze na praça do bairro que ele amava.

Anônimo disse...

Oi, Gostaria de contribuir e se possível q atualiza-se a foto da reportagem do Marcola... onde na foto aparece jogando no juvenil do Treze. Entre Poroca e Marcola, o jogador não identificado é meu Pai.
Ivon - hoje Medico Cardiologista, aposentado pelo como CEL. do Exército e morando no RS. Aguardo seu retorno. junior_use@yahoo.com.br

Postar um comentário