sábado, 29 de dezembro de 2012

ULTIMA POSTAGEM DO ANO

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES



Caros leitores, 

Quando montei o blog Museu Virtual do Esporte de Campina Grande, em maio de 2011, não imaginava a dimensão que o mesmo atingiria sendo acessado em vários países  e compartilhado no Facebook, MSN, Twuitte e Orkut no mundo todo, mas enfim, hoje, avaliando o resultado destes 18 meses de existência deste meu blog 350 artigos publicados, 125 mil visitantes.. alguns momentos de tristeza por não receber algumas fotos para poder ir fazendo minhas homenagens, também alguns "incomodados" pelo sucesso do blog, mas que foram compensados por centenas de outras mensagens e comentários positivos de verdadeiros amigos.                                                                                                

Penso que neste período todo aprendi um pouco mais... aprendi que "amizade virtual" já pode ser considerada uma realidade e uma tendência positiva do mundo atual... e minha alegria aumenta cada vez mais quando percebo em meus visitantes, sejam do próprio blogorama, ou visitantes externos, a satisfação em ler meus artigos e deixarem seus comentários agradecendo pelas descobertas que fizeram... isso me torna muito feliz! 

Aos que não conhecem meu modo de editar meus artigos, explico... tenho algum conhecimento sobre o esporte amador de nossa cidade, pois participei de varias modalidades de esportes e que ouço e curto algumas outras historias desde os meus tempos de adolescência... 

Adquiri este conhecimento e durante toda a minha vida, sempre pesquisei sobre o tema, li tudo o que pude encontrar sobre o esporte do passado de nossa cidade, assisti e joguei a vários jogos, e por aí vai... mas procuro também, ao editar um artigo, pesquisar mais ainda sobre o tema abordado, para que este artigo seja publicado da forma mais completa e clara possível para que o visitante encontre neste blog informações que possam complementar seu interesse e conhecimento... e faço isso por amor ao Museu e pelo Esporte do passado de nossa “Rainha da Borborema”, e por carinho aos meus amigos e visitantes. 

Assim, montei este Museu virtual porque sentia a necessidade de "agradecer de uma forma especial" a todos os que passaram e passam pelo esporte de nossa cidade... é claro, que depois de 18 meses de criação, não consegui homenagear e lembrar de todos, mas tomei o cuidado de homenagear em uma ordem cronológica. 

Portanto aqueles visitantes que são mais frequentes nos artigos do Museu... portanto, se esqueço de mencionar alguém, peço desculpas, mas aproveito e estendo esta homenagem a todos os visitantes deste blog, inclusive os que não fazem parte do mundo vietual e mesmo os que não deixam comentários ou fazem suas visitas em "off".

Um abraço a todos que aqui vieram neste ano de 2012 saber notícias do esporte do passado de nossa “Rainha da Borborema”, nossa terra. Espero que continuem a não só visitá-lo,  que comentem satisfatoriamente ou não os textos aqui publicados. A sua opinião é muito importante. Muitíssimo obrigado.

E que venha 2013...
repleto de paz, harmonia e novas realizações!

Feliz Ano Novo!



terça-feira, 25 de dezembro de 2012

ENCONTRO DE AMIGOS SUPERA EXPECTATIVAS

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES



Amigos, estamos retornando a página virtual do nosso Museu do Esporte de Campina Grande para tentar transmitir para o que nos acessam como foi o IV ENCONTRO DOS AMIGOS DE CAMPINA GRANDE. Fiz a divisão dos fatos para tentar de uma melhor maneira descrever os momentos de um dia especial para todos que participaram deste grande evento.

Vou iniciar parabenizando a organização do grande evento na pessoa de Marcílio Soares que pensaram em tudo para que a festa fosse realizado da melhor maneira possível: Faixas de agradecimentos, mesas, cadeiras, alimentos, bebidas, filmagem, boa sonorização, tudo muito organizado.

Aproveito este espaço para agradecer o carinho da organização do evento e dos amigos presentes com total atenção a minha pessoa. Desde já agradeço as felicitações ao Museu do Esporte de Campina Grande, o que muito me envaidece e aumenta a minha responsabilidade fazendo com que busque sempre publicações interessantes para todos que nos acompanha através da comunicação virtual.

Um grande abraço espero que gostem da cobertura sobre esse mega evento, mais uma vez parabéns a todos que idealizaram, realizaram e participaram do encontro dos AMIGOS!

ANTES DE INICIAR A FESTA

Cheguei cedo ao Clube Campestre para registrar imagens do local onde durante todo o dia haveria nossa grande confraternização de amigos;


Encontros, reencontros, lembranças de histórias passadas ao mesmo tempo em que estava sendo construído e gravado na memória momentos de um encontro grandioso que servirá para lembranças futuras de todos aqueles que foram passar uma manhã de lazer e viveram todo um dia de alegria ao lado de amigos e familiares.



Logo na entrada fui convidado para posar ao lado de grandes amigos conforme fotos abaixo:


Nas duas fotos vemos: Genésio Soares, Lula Cabral, Glauco Kardec, Pedro Aurelio, Guerra, Jobedis. Antonio Marcos, Herminio Soares e Chico Beque 2





Marcilio Soares foi o orador do IV ENCONTRO, seguro e centrado nas palavras, arrancou aplausos dos presentes quando narrou à cronologia dos patrocinadores e algumas fotos de antigos atletas e amigos falecidos. O evento que já faz parte das comemorações de final de ano de nossa cidade reuniu mais de 700 pessoas, que passaram o dia em confraternização, na sede social do Clube Campestre, no bairro do Catolé em nosso município.

A festa foi idealizada com o intuito de reencontrar amigos que hoje moram em outras cidades brasileiras, a cada ano o número de participantes está aumentando e o 4º Encontro já bateu recorde de amigos presentes que tiveram a oportunidade de rever os amigos e reviveram momentos marcantes na história de cada um.

Na festa ouvi relatos e histórias de algumas pessoas que estavam presentes na festa, os assuntos foram variados alguns de alegria outros nem tanto, uns de superação... E em todas as histórias pude observar a emoção e a satisfação de quem conta a passagem dos fatos dividirem momentos que ficaram marcados durante, 30, 40 anos, tempos em que eram jovens e hoje passam adiante o que vivenciaram há algum tempo atrás.

Campina Grande realmente no dia 22 de Dezembro foi uma cidade em festa no encontro dos amigos do esporte do passado de nossa cidade. Além do reencontro, a festa teve várias atividades para os amigos; com sessão de fotos de amigos falecidos, homenagens aos que ajudaram a fazer a história do esporte em nossa cidade, sorteio, mesa de alimentos e bebidas a vontade, exposição de fotografias antigas com componentes do passado do nosso esporte já falecidos, feijoada, churrasco, bebidas diversas, fotos e muita comemoração.

Foi um dia de reencontro. Muitos amigos distantes voltaram a se ver. Uns pouco mais velhos, casados e com filhos e netos, alguns apresentando uma barriga saliente, outros poucos cabelo e alguns com cabelos “pintados a La Preto Fumo”.

A todo o momento, amigos se abraçavam cheios de saudades. Craques do passado, antigos adversários e colegas de time. Alguns foram homenageados por seu talento e contribuição para o esporte amador de nossa cidade.

Antigos rivais se abraçavam, antigos colegas de time relembravam apelidos e os “causos”. A solenidade teve início às 11 h da manhã. Entre aplausos, os homenageados receberam placas que levavam o símbolo do encontro e que representavam o reconhecimento por suas contribuições para o esporte amador de Campina Grande.

Para Marcilio Soares, o encontro fui um sucesso, apesar de que alguns não puderam comparecer. Pessoas que moram nas mais diversas regiões do país não mediram esforços para reencontrar os antigos amigos.

Durante a festa foram homenageados antigos atletas e desportistas que se distinguiram pela sua dedicação e trabalho realizado no esporte em nossa cidade. O Museu do Esporte de Campina Grande na minha pessoa também foi homenageado. Recebi uma Placa entregue pelo Bola Targino conforme fotos  abaixo:


Em sua fala, Marcilio Soares ressaltou a importante contribuição dada pelo Museu é importante para a memória do esporte. “O que fica são os exemplos, um legado de disciplina e profissionalismo. Quem não tem história, não tem vida.

O encontro foi um grande sucesso num clima de velhos amigos e colegas. A danada da saudade deixou de existir naquelas horas. Vamos esperar ansiosos pelo próximo encontro para rever aqueles que neste não vieram. Foi gratificante estar juntos com pessoas que fizeram e fazem parte de nossa história de vida.

Adorei rever os colegas e amigos. Bons tempos que deixaram saudades. Obrigado aos amigos por nos proporcionar este momento único. Na próxima estaremos novamente presente e tenho certeza de que encontraremos muitos outros, ausentes agora, mas arrebanhados para o encontro futuro.

Obra social do Encontro

150 Kg de alimentos arrrecadas na festa foram todos doados ao IPCCAN - INSTITUTO PARAIBANO DE COMBATE AO CÂNCER, uma instituição que atende a crianças com esse mal, e fica localizada à Rua Josefina Maria da Conceição, 378 - Liberdade, e o melhor de tudo foi que 3 Empresas que patrocinam o ENCONTRO vão passar a ajudar mensalmente a essa instituição.

FOTOS DOS AMIGOS NO IV ENCONTRO DOS AMIGOS DE CAMPINA GRANDE DE NASCIMENTO OU DE ADOÇÃO


NA FOTO VEMOS : NOGUEIRA, KATITA, UNIÃO,  JOÃO MARIO, JOBEDIS, JONAS DIDI E GLAUCO KARDEC

COCADA, JOBEDIS E LULA CABRAL


PEBA, MARTINHO, DINALDO, MARCOS, GLAUCO,GUERRA E JOBEDIS




                                          Betinho Mala Veia e o amigo aqui o Jobedis
Toinho Buraco, Eliu e ?

Galera do São José a maioria

Macola, Adjarde, ? e Valdevan

?, Astró, Benoni?. Cocada, Tom , Ze Santos?

Herminio Soares, Zeca Gabiru, Joca, Ze Nilton, Pedrosinha, Carlinhos, Alex Lelis e Raimundo Pedrosa
Humberto Nobrega, Jano, Betinho Mota e Geraldo Leal

?, Nego Chapa e ?



Raul, Tom, Sabara, Macola, Ze Preto e João Mario

Decio. Benicio, Astro e Chicó

Dinaldo Trezinho, Alex Lelis, Vadico Sabino, Valdevan, Macola e Betinho Mota

? , ? Aldanir, Toinlidio, Zeca Gabiru e Nego Gilson. Agachados: Evandro Sabino e Pedrosinha
Nesta foto S´estou reconhecendo Tom e Bigode

Betinho Mala Veia e Marcelo Soares


                                          Lamir Mota pai e filho e Marcilio
                            Nego Gilson recebendo uma homenagem

                                                   Bega Pequeno e Marcilio
Dagoberto, Cocada, ? e Vadico

Marcilio, Miguel Feitoza, Miguel Ribeiro e Jorio

Marcilio, Marcos Katita e Bolinha

Keka e Wagner

A garota é magna Bispo os que reconheço:: Paulo, Marcilio Araujo, ? Bebe. Vadico, ?.? João Mpta r rm baixo  ??

                             ?, ? Carlinhos Macaco e Genesinho
?
              ?, Espedito Vilar, Haw, Bené, Chico Lira, Marcilio Araujo e Suassuna, embaixo: ? e Genesinho Soares 
















quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

É TEMPO DE NATAL

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES


Estamos no periodo mais sublime do mundo, o Natal. Época em que os sentimentos de amor, carinho, compreensão e confraternização prevalecem nos nossos corações. É o momento em que despertamos nossos olhares para um significado bem maior que farra e diversão, o momento de festejarmos o nascimento do menino JESUS.

E para podermos incorporar um pouco mais esse espirito natalino que renasce dentro de cada um de nós, resolvi nessa manhã desta segunda feira   24/12/2012 postar aqui no Museu do Esporte de Campina Grande um pouco sobre  o Natal, dia de confraternização das pessoas, dia de reencontro daqueles amigos e indivíduos que a tempo não víamos. Tempo de pensar no próximo, tempo de reconciliação, de perdão, de demonstrar amor ao ser humano. Tempo de fazer o bem sem olhar a quem. De elogiar, incentivar, confraternizar.

Tempo de pedir paz. Não há dúvida: Natal inspira bons sentimentos.  Há um clima de magia no ar. As pessoas ficam mais abertas, comunicativas, mais “contentes” e ainda tem as festa de confraternizações de amigos e de trabalho.

Vivemos numa sociedade cada vez mais alienada e desumanizada. Há neste período em todas as cidades do Mundo mais dinheiro circulando pela influência do "espírito" natalino. Há mais “solidariedade” entre as pessoas. Contudo, apesar de tudo: as compras, as festas, das trocas de presentes e dos "chamativos" não devemos nos esquecer do verdadeiro aniversariante: JESUS CRISTO! Este sim, o mais importante para todos nós...

Uma das mudanças de comportamento que surge nas pessoas na época Natalina são exatamente as atitudes delas, ou seja, de nós todos os seres humanos... Ficamos mais sentimentais, o coração pulsa mais forte, apertado, às vezes. E sentimos mais a necessidade de ajudar as outras pessoas, independentemente dos presentes que doamos ou que ganhamos.

Não há nada mais poderoso e reconfortante no mundo do que o amor, especialmente quando é genuinamente dirigida a outra pessoa em forma de simpatia, carinho, um sorriso, abraço, beijo ou tempo de qualidade. Exprima o seu amor – para quem está a recebê-lo, é muito mais importante do que alguma vez imaginou.

Ajudar o nosso próximo é, na verdade, o principal objetivo de nossa vida aqui na Terra. Senão, para que viveríamos em sociedade, e para que constituir família, ou formar as comunidades? A vida material terrena não tem outro sentido, pois afinal de contas estamos aqui de passagem.

Deveríamos todos nós, conhecer essa "Premissa" de DEUS: Ele colocou-nos aqui neste mundo material com o objetivo de que obtivéssemos conhecimento, para ajudar-nos uns aos outros e para "melhorar" como pessoas. Uma das principais formas de conseguir esse "aprendizado" é auxiliando nosso irmão, nosso próximo, ou mesmo um vizinho, ou até mesmo um estranho que precise de nós.

As ajudas, a solidariedade e a preocupação com nosso próximo deve ser feita em qualquer época do ano. Em qualquer dia. Não precisamos esperar o Natal para ajudar nossos semelhantes.

Portanto, Ajude... Dê roupas, comida, presentes, remédios, e até mesmo dinheiro, se puder. Ajude as Entidades sérias, as que tratam de doentes, de necessitados, deficientes, com câncer. As que acolhem velhos ou que cuidam de crianças especiais ou em situação de abandono.

O Mundo de hoje é um mundo muito egoísta, materialista, que nos leva a lutar, trabalhar em dobro com o único objetivo de "adquirir coisas". Alguns trabalham muito apenas para adquirir bens materiais! Coisas e bens que nem precisamos e que de nada nos servem para evoluir no campo espiritual.

Devemos possuir o necessário para viver, evitar o excesso. Sem falar que o ladrão está de olho nos bens de valor que você possui.

As pessoas egoístas, apegadas exageradamente a bens materiais juntar dinheiro para ficar rica. Fica rica, mas fica infeliz. Isto porque este comportamento leva a pessoa à depressão, às doenças da mente, da alma e do corpo. O egoísmo faz de você uma pessoa infeliz espiritualmente, pois o seu coração, sua mente ficam impregnadas, preocupadas com todos estes bens e coisas do mundo, que você possui e que lhes obriga que lhes pesassem no bolso mantê-los. Bens em demasia que lhe impede de ver a vida, de lembrar-se do próximo, de ajudar o irmão que precisa.

O egoísta rico ri a toa, como dizem. Mas eu lhes digo: é um sorriso da boca para fora. Por dentro, muitas vezes, essa pessoa sofre muito, por isto adoece e acaba fazendo-a gastar todo o seu patrimônio se tratando das doenças do mundo moderno: enfarte, câncer, estresse, depressão, etc...


Na oportunidade, quero agradecer a todos os internautas, campinenses ou não, naturais ou de coração, que passaram pelo menos uma vez aqui no nosso Museu  para dar o seu estímulo ou contribuição, deixar o seu recado ou crítica, enfim, participar do processo de comunicação "virtual". A todos vocês, o meu desejo sincero de que os tradicionais encontros com os familiares e amigos nas festas natalinas e no Réveillon sejam repletos de muita alegria e carinho, amor e fraternidade, saúde e felicidade, e que essas dádivas divinas se mantenham por todo o ano que se iniciará em breve. 






terça-feira, 18 de dezembro de 2012

TUNEL DO TEMPO DO FUTEBOL DE CAMPINA GRANDE

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES


O Túnel do Tempo traz hoje, mais umas verdadeiras raridades. Esta foto do juvenil do Trezinho de 1965,  campeão amador de Campina Grande de 1965 na foto abaixo:


Teve como atletas alguns jogadores que são hoje grandes  personalidades de nossa cidade. Depois que foram campeões pelo time juvenil do Treze foram promovidos para o time profissional. 

O lateral direito Dinaldo Farias o Dinaldo Trezinho como era chamado depois foi  promovidos para o time titular do Treze, conforme foto abaixo:

Dinaldo hoje mora no Niterói no Rio de Janeiro onde tem uma agencia de Turismo.

O ex atleta Luizinho Bola Cheia foi outro também que foi jogar no time de profissionais do Treze e passou por muitos times do Nordeste e ate se fixar em campina Grande com professor da UFCG.  Luizinho é escritor de renome sobre o esporte.

 Luizinho e Dinaldo eram zagueiros firmes e arrojados.  Tambem jogaram alguns anos no Everton Esporte e Clube do bairro do São José.



sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

CONFRATERNIZAÇÃO MAIS ANTIGA DOS TIMES DE PELADA DE CAMPINA GRANDE

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES


Em meados de 1966 em uma barbearia vizinho ao Cine São José em Campina Grande, após uma reunião de amigos, quando resolveram montar uma equipe de futebol de pelada.  Daí em surgiu a grande equipe do Everton Esporte Clube do Bairro do São José, dai em diante foram mais de 40  anos de história de sucesso, onde o time disputou todos os principais torneios do futebol amador de nossa cidade, como Tabelão da Liberdade (campeão)  Torneio Suburbano  (tri campeão),  Copa Arizona (vice campeão,  perdendo a final em uma disputa de penaltis para o “reforçado” time do Renascença), entre outros torneios.

O time que revelou vários craques para o futebol profissional foi extinto neste século por falta de reposição de jogadores, pois a moçada de hoje não gosta mais de jogar futebol preferem as baladas (num momento em que vemos a nossa juventude destroçada pelo álcool e pelas drogas e os bailes funk tornando-se um símbolo da degradação, é necessário tomar providências muito sérias para estancar esta decomposição das futuras gerações. Nestes bailes, adolescentes  chegam a simular publicamente gestos de relações sexuais, sem o mínimo de recato que sempre foi uma grande virtude feminina. Em muitos “bailes” chegam a consumar-se atos sexuais, sem considerar-se o risco da expansão do vírus HIV e da Aids)..

É necessário endereçar esta juventude para as praças de esportes, sejam das escolas, de centros educacionais ou clubes. Nestes locais, os freqüentadores têm recreação sadia, evitam a obesidade precoce, ganham em saúde e ainda mantêm-se longe dos hábitos degenerativos que avançam rapidamente)..

Na nossa festa de confraternização  todos os ex atletas que atuaram na equipe se confraternizam todos os anos até hoje, tanto, que neste Domingo 16 de Dezembro de 2012 os ex- jogadores se reunirão em mais uma confraternização.

O encontro de ex-atletas contará com a presença dos antigos jogadores, que poderão matar a saudade dos tempos de atuação nos campos da cidade. Este encontro é essencial para manter viva a nossa história. Para os ex atletas e dirigentes o  evento é tradição. Mesmo encerrado há alguns anos, o ao longo de 46 anos. Será no restaurante Espetão antigo Boião no bairro da Prata a partir das 11 horas.

Criticado por alguns, elogiado por poucos, místico para outros, copiado por tantos e invejado por muitos,  este é o EVERTON, que tem na simplicidade e na sinceridade de própositos, o segredo de sua profícua  e contínua existência como parte integrante da comunidade do São José.

Contamos com suas presenças.

Algumas fotos de nossas confraternizações:

      A PRIMEIRA FESTA DE CONFRATERNIZAÇÃO DO EVERTON EM 1966

A primeira festa de confraternização do  Everton em 1966 foi realizada na casa de Cabo Alberto no bairro do São José em frente ao Banco da Praça. Teve a participação de vários jogadores, Dirigentes e amigos. Contando também com a honrosa presença de Enivaldo Ribeiro grande político paraibano levado pelo nosso secretário da época Francisco Mendes. 

Para aumentar é so clicar na imagem