quarta-feira, 25 de abril de 2012

QUEM ERA CRAQUE - BRÁULIO MAIA

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES


Recebo umas fotos do amigo Braulio Maia Junior o “Nego Braulio” como era e ainda é chamado pelos amigos e ex companheiros de times e lembro-me do bom futebol amador de Campina Grande em décadas passadas, não é só do Bráulio que dá saudade de ver jogar e sim do grupo de atletas que atuaram ao seu lado e contra, ver nas fotos tantos grandes jogadores bate a saudade, sou saudosista e orgulho-me disso, o passado do bom futebol, reunião de amigos que defendiam suas agremiações com carinho, o bom futebol do passado,  sempre vivi acompanhando varias modalidades mais com destaque o futebol de salão e o futebol de campo onde nosso amigo Bráulio foi um bom volante. No futebol de salão ele foi um zagueiro de raça, rápido na recuperação e sabia sair jogando, vestiu varias camisas em nossa cidade com destaque.

Iniciou sua vida esportiva num time chamado Nona Cruzada( clube de adolescentes) da Igreja de Fátima no bairro  da Palmeira. Jogou no Estrela da Palmeira, no Guarani e na seleção do Estadual da Prata, onde sagrou-se campeão colegial de futebol de salão ( olimpíada do Exercito 1974), além de ser campeão em atletismo na modalidade 800mts e 4 x 400 ( Revezamento). Jogou ainda no time do Estudantes, na seleção da Furne e do exercito.

Ainda no ano de 1974 foi Vice-Campeão da cidade de futebol de salão jogando pelo Clube dos Caçadores, depois foi para o Trezinho e ganhou alguns títulos que ilustraram sua passagem pelo nosso futebol amador e futsal.

Jogador sofre acidente de carro e quase amputa a perna.

Infelizmente uma fatalidade lamentável aconteceu ao atleta e seu amigo Mario Overton (conforme foto), um acidente interrompeu promissora carreira dos jovens  atletas. O Mario infelizmente faleceu e o Bráulio foi levado para Hospital e quase teve que amputar a perna direita.


Bráulio não baixou a cabeça pelo destino e foi a luta, se formou é hoje professor concursado da UFCG. Na sua trajetória na Universidade exerceu diversas funções administrativas com destaque tais como: Foi Prefeito do Campus e atualmente é diretor do CCT. É  candidatíssimo  a ser o futuro reitor da Universidade com apoio de toda comunidade universitária.

Estas fotos a baixos falam por si só, grande abraço meu amigo Braulio Matia Junior o “Nego Braulio.

ALGUMAS FOTOS DO ATLETA E DESPORTISTA BRAULIO PARA ILUSTRAR:

OBS: Para aumentar a foto é só clicar nelas









BRAULIO HOJE







31 comentários:

Anônimo disse...

Amigo Braúlio, quanto tempo heim... saudades e nunca o esquecimento, vejo vc em fotos no Encontro dos Amigos e fico feliz, você firme e forte, que Deus te proteja junto aos seu familiares.
Ainda bem que temos o amigão Jobão, para podermos rever tanta coisa boa relacionadas aos amigos do passado, mas que ainda hoje nos brinda relembrando tudo que de importante foi para nosso esporte aí em Campina Grande.
Quando aqui é relatado o seu perfil de um jogador, eu via em você duas características muitas boas, sua raça e recuperação, que junto ao bom futebol jogado lhe fez uma grande atleta.
Fiquei feliz ver seu comentário quando foi feita a homenagem a minha pessoa, gratificante ser lembrado pelos amigos.
Mesmo diante do que aconteceu com você ( não sabia, por morar aqui, soube apenas através de notícias do falecimento do nosso querido amigo Mário) vc levantou os olhos para a vida e teve o poder de não desanimar e ainda olhar para o futuro com alegria, para que ela possa lhe parecer linda sempre.

Forte abraço, Jonas didi

Anônimo disse...

Esta ação do Museu Virtual do Esporte de Campina Grande, deveria ser seguida por todos os Estados do Brasil, pois, é de suma importância para a lembrança dos atletas do passado, servindo de exemplo para a juventude de hoje, que, está um pouco descentralizada, sem foco, e sem disciplina.
Um Abraço e Parabens a todos desta linda Cidade da Paraiba.
Luiz Duarte- Porto Alegre

Braulio Maia Junior disse...

Jobão muito obrigado. Ficou otimo, fiquei emocionado com sua narração.. Abs. Nego braulio

Anônimo disse...

VALEU JOBÃO!! GRANDE BRAULIO, MUITA RAÇA EM TODOS OS ESPORTES QUE PRATICAVA, NUNCA JOQUEI COM ELE MAIS JOGOU COM MEU IRMÃO DEDAL ESTEVAM O GOLEIRO DO TIME DELE, UMA ABRAÇO PARA TODOS QUE FAZEM ESSE MUSEU, ESPEDITO VILAR

JOÃO MARIO disse...

Tive a satisfação de jogar com Braulio no Estudantes, quando estava me despedindo das peladas ! Mas me chamou a atenção a vitalidade a raça e a técnica daquele garoto que estava despontando como um grata revelação do futebol de Campina ! Foi para o TREZE (TREZINHO), mas logo já estava cotado para assumir a camisa do quadro principal !
Infelizmente houve o acidente, mas nós sabemos que quando DEUS fecha uma porta abre uma janela!
Jóbedis já falou acima o que representa Braulio na sua vida profissional e eu estou muito grato em fazer parte da sua amizade, inclusive de toda a sua familia !
Aproveito para mandar um abraço para o "véi" Braulio,(pai) que não parece ser um pouco mais velho do que eu, encontrei outro dia com ele e pensei até que nêgo Braulio !
Tá um "pão" !rsrsrsrsr
Valeu Braulio voce merece !

Anônimo disse...

Nego Braúlio, como carinhosamente chamamos. Grande amigo, professor dos Aragão. Craque de mão cheia. Quantas saudades do Trezinho de minha época de jogador profissional. Falar do seu futebol é fácil, pois era craque na bola e na raça. Dava gosto vê-lo jogar. Sinto orgulho em fazer parte do seu rol de amigos e, cada vez que vou a Campina Grande, faço questão de encontrá-lo. Merecida homenagem a voce amigo e que Deus lhe dê vida longa. Abraços e no São João estaremos juntos novamente. Fernando Cangurú.

Anônimo disse...

Nossa quantas lembranças desta época lembro q eu jogava na AABB de Campina Grande tendo como treinador Francisco das Chagas e tinhamos como ferrenhos adversários Caçadores e Treze no futsal, tempos q não voltam mais, Braúlio receba meu abraço. Itamar Alves.

carlinhos disse...

Braúlio: Fiquei muito feliz em você participar da colação de grau da minha filha na UFCG. Quanto ao futebol é como diz meu parente Fernando Aragão, craque na bola e na raça. Você merece. Parabéns e um grande abraço.

Anônimo disse...

CAMPINA GRANDE DE PARABENS,HOMENAGEM MAIS QUE MERECIDA POIS MOSTRA A TRAJETORIA DE UM HOMEM QUE TEM COMO META A FAMILIA,AMIGOS E TODOS QUE LHE PROCURAM.BRAULITO,UM GRANDE ABRAÇO.
JOSE MAIA.
PAULISTA-PE.

Cláudio Cristino disse...

Além de um "craque" nos gramados e quadras, Bráulio é um "craque" como amigo, professor e ser humano. Parabéns por uma vida de sucesso!!!

Cláudio T. Cristino
Prof. DEINFO/UFRPE
Recife - PE

Anônimo disse...

Amigo e irmão de arma, tenho saudades dos bons tempos em vivemos a vida de esportista amador de Campina, é bom saber de noticias sua e uma grande homenagem e reconhecimento como este, fico feliz.
Abraços do Amigo BENONI

Roberto Guarabira disse...

Ô "nego" valente!!. Era madeira de dar em doido.
Uma raça de fazer inveja a Dunga. Não abria nem pra um trem.
Me recordo de um jogo lá na Liberdade entre Auto Esporte de "seu Nezinho" e Botafogo (um dos clássicos do bairro)onde "o miolo de zaga" do Botafogo era simplesmente João Grilo e Liquitunga (pense numa garapa! dois gentlemans, não era?). Quem jogou contra eles se recorda que era uma paradinha indigesta. Pois bem, o Nego Braulio partia pra cima destes "fidalgos" que saia "faísca" e no final do jogo o "negão" marcou 3 vezes e saiu "soltando graça" com os dois "bem humorados" zagueiros.
Realmente foi craque e marcou época. Infelizmente teve uma carreira curta.
Como Deus escreve certo por linhas tortas, hoje é um orgulho para a sua família e os seus amigos que vibram com o seu sucesso em outro campo: o campo das letras.
Mais um gol de letra do Museu Virtual do Esporte de Campina Grande.
Parabéns Jobedis.

Francisco Julio Sobreira de Araujo Corrêa disse...

Meu Nobre Amigo e Craque Futebolístico,

O seu "bigodinho" é algo de grande destaque. Se o teu talento futebolístico fosse proporcional ao seu Coração e Generosidade, seguramente tu superarias o Pelé. Tens alguma fotografia do time do DME da época em que ele ganhava os campeonatos dos Departamentos quando a UFCG era Campus II da UFPB?

Vamos torcer, hoje à noite, pelo PAPÃO da CURUZU que joga contra o Coritiba!!!

Um grande abraço,

Julio

Anônimo disse...

Parabéns Campina Grande, eu tive a honra de jogar com o Braulito nos campeonatos de praia em Olinda onde morei, sempre fui fã deste PRIMO E AMIGO, pois jogava com amor e era um jogador respeitado pelos adversários, outro jogador que joguei nos camnpeonatos de praia em Olinda foi o Wilsom, o Pai d'êle seu Prochedes era quem me levava aos Jogos do Náutico, porém o Wilsom apesar de ter feito Sucesso no Sport Clube do Recife, era Tricolor do Santa Cruz de Recife.
Braulio Maia, vc me levava para as peladas do Colégio Estadual da Prata lembra ?

Um Abraço e muita Saúde.

Luiz José Maia Duarte - Porto Alegre - RS.

WDILSON disse...

Valeu grande amigo Braulio.
Tudo o que tinha de ser dito sobre você, já falaram; grande peladeiro dos campos como das quadras, grande amigo, grande companheiro. Só está faltando a IDADE, mas essa eu sei cor e salteado, só que não vou citar, vou só dar uma dica: quando parou de jogar (infelizmente)JÁ TINHA UMA HORA E MEIA, SÓ DE MINUTO DE SILÊNCIO
Valeu Braulio

JOSENILTON BARBOSA disse...

Jobedis

Receba os meus cumprimentos pessoais pelo seu blog e suas narrativas esportivas quando vai homenagear os atletas e dirigentes o esporte de nossa querida Campina Grande, que se tornou uma referência no esporte na net, levando AOS internauta recordações de fatos marcantes e todos os acontecimentos do esporte do passado de nossa cidade, num belo trabalho que merece o aplauso de todos nós, que conhecem e respeitam seu trabalho. Aliado a isto, soma-se as dificuldades comuns aos que buscam fotos e historias, um arauto de novos e melhores tempos para os esportes, em particular o Futebol de salão onde voce foi um grande jogador, tão difícil de ser praticado nos dias de hoje. Parabéns por sua persistência e luta diária e ficou muito bonita esta homenagem ao ex atleta Braulio.

Anônimo disse...

Que homenagem hein Braulito?! Muito merecida, pena não ter visto você jogar, mais ouvi muito meu Pai e Tios maternos falar do seu futebol e de sua RAÇA em campo. Que Graça Divina tê-lo como familiar e que felicidade tê-lo como amigo, pessoa que agrega amigos e família como você são poucos. Parabéns ao Futebol Campinense, Parabéns ao Museu Virtual do Esporte de Campina Grande, Parabéns a você, Braulio Maia Junior. Eduardo Moraes Maia Filho, Maceió-AL.

Anônimo disse...

Que homenagem hein Braulito?! Muito merecida. Pena não ter visto você jogar, mais ouvi muito meu Pai e tios maternos falarem do seu futebol e raça em campo. Que Graça tê-lo como parente e que felicidade tê-lo como amigo,pessoa que agrega família e amigos como você são poucos.
Parabéns ao futebol Campinense, Parabéns ao Museu Virtual do Esporte de Campina Grande e Parabéns a você Braulio Maia Junior.

Eduardo Moraes Maia Filho
Maceió, Alagoas.

Anderson Maia disse...

Parabenizo todo o Site na pessoa do Sr. Jobedis pela homanegem mais que merecida a este grande tio, padrinho, professor, amigo... homem que é Braulito. Histórias como esta, relatada com muita autenticidade, nos emociona e comove. Um exemplo de vida, um vitorioso, um grande atleta. Assim o enxergo, assim o venero.

Anderson Maia
Campina Grande, Paraíba.

Aluizio Freire disse...

Professor,

eu conhecia sua história acadêmica, mas ainda não conhecia essa história como craque. Se soubesse antes, além de sua orientação em matemática, teria pedido orientações "futebolísticas".

Abraço.

Marcílio Soares disse...

Ainda lembro Braulio jogando, mais, pelo belíssimo time de futsal dos Caçadores anos 70, juntamente com os irmãos HUGO. Era bem disposto, marcador duro, e sabia jogar bem. Fez parte de uma geração de bons jogadores, por isso sabia jogar bem. Pena que foi interrompido, por motivo que todos nós sabemos, mas se manteve de pé, e soube se superar e driblar esse grande adversário. Hoje em dia se tornou um grande professor na UFCG, respeitado e honrado. Para mim, um grande prazer de tê-lo como amigo. Nego Braulio você é um exemplo de vencedor!!!
Orgulho-me muito de ser seu amigo. Uma merecida homenagem que Jobão faz a tudo que você prestou nos esportes amadores de Campina Grande.

Anônimo disse...

Fui orientanda de Mestrado do Prof. Braulio Maia Júnior e, pela sua determinação, raça, dedicação como professor e gestor na universidade, imagino como não deveria ser como jogador de futebol.
Parabenizo ao site por essa iniciativa, pela belíssima homenagem a uma pessoa que é um exemplo de vida, de profissional e de amigo.

Abraço.

Marta Élid
ITABAIANA - SE

Anônimo disse...

Fiquei feliz de saber que um dia você jogou no meu time de coração. Parabéns pela sua história, pela sua superação e por nunca ter abaixado a cabeça mesmo nos momentos mais difíceis! Continue sendo esta pessoa excepcional que és!
Um grande abraço do seu primo Trezeano, Luiz Neto.

Anônimo disse...

Braulio,
Atleta polivalente nos esportes amadores de Campina Grande nos bons tempos, onde a raça, a determinação, força e disciplina eram fatores preponderantes para o seu grande desempenho.
Professor universitário de destaque, hoje, exercendo cargo de direção , cotadíssimo para ser reitor da nossa UFCG, estamos torcendo para que isso se concretize!
Esta sendo homenageado merecidamente neste museu pela sua grande trajetória.
Agradeço a suas citações em respeito a minha pessoa.
Abraços, Glauco Kardec

Anônimo disse...

Olá meu amigo Bráulio, recebi o link do Zé Roberto e fiquei muito contente com a narração acima, gostaria só de acrescentar que fostes craque no esporte e, muito mais importante, es hoje craque da vida como Pai, irmão, filho e amigo. Tenho certeza que nossa irmãzinha Socorro, de onde está, ficou muito contente com a narrativa, pois, como sabes ele estava sempre na primeira fila para te aplaudir.

Um grande abraço do seu amigo Suetônio Meira.

PS Ao ler, confesso que voei no tempo e quando me dei conta meus olhos estavam lacrimejando.

Honorio Pedrosa disse...

TUDO JÁ FOI DITO MAS QUE È UMA GRANDE HOMENAGEM A UM GRANDE SER HUMANO.
PARABÉNS NEGO BRÁULIO, MEU-AMIGO-IRMÃO-CAMARADA.

NORO PEDROSA

Leandro disse...

Aqui estou eu, um modesto aluno, que ao chegar para tirar duvidas com o professor sou tratado igualmente, isso só mostra um pouco o tão grande Braulio é. Deus escreve certo, por linhas tortas, esse trágico assidente, só abriu muitas outras portas, dentre ela a de ser professor, profissão a qual desempenha com magnificência, autoridade e saber a docência.

Braulio Maia um grande homem.

Muito Obrigado por tudo professor.

Ass.: Leandro de Souza Albuquerque

Seu eterno aluno, e amigo.

Anônimo disse...

Braulio Maia Júnior, figura excepcional e de um caráter que deve ser seguido por todos. Um abração e parabéns pela homenagem.


Éder Mateus (Sergipe)

Anônimo disse...

Nos conhecemos por ocasião de um antológico campeonato de times de seis, no Bairro da Bela Vista, por volta de 1966-67. Vamos lá, Bráulio, lembremos dos nomes de alguns daqueles meninos que, assim como nós, iniciavam seus primeiros passos no futebol de pelada: Babá, Gastão, Carlinhos da Volta, Zé Neto, Natal, Mário Piõi, Dedé Cocada, Garrinchinha, Zé de Odete, Musga Preta, Perninha, Noinha ...
Depois, voltamos a nos encontrar, desta vez como professores da UFPB, no atual campus da UFCG: você nas ciências matemática e eu nas artes da engenharia elétrica.
Um abraço fraternal e parabéns pela homenagem merecida.

Benedito Antonio Luciano (Bené)

P. S. Já como professores, participamos de alguns jogos de futsal na quadra da universidade. Você, sempre querendo vencer, na bola ou no grito.

Anônimo disse...

Amigo Braúlio agora sim vc neste ponto pode falar muito bem, eu lembro
nesta época do time do estrela, da seleção do Quartel do Exercito que
para mim foi o melhor time de pelada da época(seleção todos os
participantes deste time onde convivie com quase todos eles), onde
assistí vários jogos no alambrado do quartel e fiquei bastante
emocionado com suas fotos, sabendo que nesta época eu estava também já
participando dos times da cidade como o Bayer do Monte Santo, Estela
de Liberato, Galícia da Palmeira, do Piragibe do bairro da
conceição(muito bom todo time) e do Borborema da concieção(considero
também como uma seleção da época), e deixando para começar a
participar dos rachas da cidade, no Alvorada no estádio municipal da
querida Raposa kkk e depois no campo do seu timinho kkkk, no racha
Imbituba 18 anos(Do saudoso Dr. Emanuel) e hoje com orgulho no Bola de
Ouro e Ou Vaí ou Racha, participando com muita alegria ao seu lado
como torcedor nº 1 de ambos, forte abraço amigo. Adailton Cavalcante

Anônimo disse...

E aí 326!
Todos sempre tem muito o que falar sobre você,uma vida que é uma fonte inesgotável.
Tenho orgulho de ter participado também e privado da sua amizade e de sua Família.
Braulio Tavares, 325 5ª CIA MTz

Postar um comentário