segunda-feira, 1 de outubro de 2012

QUEM ERA CRAQUE - GIL SILVA

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES


É bom contar histórias e lembrar-se de vários nomes que marcaram época e gerações, que através de suas virtudes alcançaram grande expressão no quesito futebol. O nome Gil Silva é desconhecido dos esportistas atuais de Campina Grande, só os mais próximos o reconhecem, mais quando anunciamos “Gil do Estudantes e depois do Treze Futebol Clube” logo à memória de todos os torcedores do nosso futebol de salão ou de campo do passado fixa na imagem daquele jogador de criação com grande visão de jogo, bom passe e facilidade em conduzir a bola. Este era Gil, meia esquerda que atuou no futebol de Campina Grande no amadorismo e profissional  durante quase toda a década de 70.

Tendo chegado ao time do Estudantes  no início dos anos 70, o meia esquerda deu grande contribuição às equipe alvirrubra que jogaram diversos torneios e partidas amistosas neste período. Depois foi brilhar no Treze Futebol Clube.  No galo da Borborema foi importante nas construções de jogadas do setor em que atuava o meio de campo.

Gil Silva brilhou junto com outros amigos do bairro do São José entre eles o goleiro Batista, o zagueiro Son e o ponta esquerda Fernando, e após a temporada que jogou no clube, foi embora e deixou saudades, principalmente pelo fato que meias como ele demoraram para voltar a aparecer e mesmo assim, foram poucos e com estilos diferentes.  

Incansável batalhador. Muito jovem começou a vestir camisas de alguns times e do Colégio Estadual da Prata, pequeno e franzino já se mostrava impetuoso, sabia por que estava em campo ou quadra de futebol de salão. Visualizava o futuro, nunca deixou os estudos (formou-se em Engenharia Mecânica). Hoje pode se considerar um homem consolidado exerce cargo de grande importância no DNOCS, Gil Silva tem sua vida estruturada, pois batalhou e se esforçou para ter tal êxito.

Agora vamos falar de “GIL SILVA” jogador, desde que iniciou no futebol deixou sua marca de grande jogador, participou de grandes conquistas pelos times que jogou, foi campeão amador de futebol de salão juvenil pelo colégio Estadual da Prata e pelos Caçadores. Jogou também no time do Estudantes e foi vice Campeão do ano de 1971 e por outros times e  marcou história no Treze de futebol.

O Gil teve passagem pelo Treze, Desportiva Borborema, Guarabira e treinou no Botafogo de João Pessoa, mas, não chegou a acertar, também teve uma pequena passagem do Sport Clube de Recife.

O Gil Silva foi com certeza um grande desportista de nossa cidade, Infelizmente na sua aposentadoria dos campos amadores não vai mais continuar a fazer suas grandes jogadas.  E quando as pernas não mais agüentar este grande guerreiro já deixou sua marca, de bom jogador do nosso futebol amador.

Parabéns Gil Silva  

Algumas fotos da trajetória deste grande jogador:

Equipe Juvenil do Colegio estadual da Prata Campeão dos jogos Escolares de 1967
Pai Vei, GIL SILVA, Jandui, Lucelio e Paulinho
Jobedis, Ademildo e Valdir Ventinha



Gil é o penultino jogador agachado








7 comentários:

Wdilson disse...

Grande GIL. Jogador importantissimo no meio campo do Estudantes nos áureos tempos. Tive o prazer de, todos os domingos pela manhã, jogarmos juntos. Grande amigo, grande companheiro e grande homem. Parabens Jobedis pela lembrança.

Anônimo disse...

Realmente amigo Jobão, como é bom contar histórias... que bom vc fazer isso para nós, e através da sua justa e merecida homenagem ao Gil Silva, temos a oportunidade de rever mais um grande craque de nossa época.
Não tive a oportunidade de vê-lo jogar como profissional..e aqui citado até ao lado de meu irmão Batista, mas nos tempos do Colégio Estadual e do Estudantes, graças a Deus tive este prazer, vc jogava muito, e olha o que tinha de craques ao seu redor, vc somava seu valor aos demais, para depois dividir e distribuir tanto futebol bonito.
Que Deus te proteja amigo,

Jonas didi

Anônimo disse...

BOA LEMBRANÇA JOBÃO, GRANDE GIL, O MAIOR ORADOR VIVO, NÃO DAVA UMA PALAVRA JOGANDO OS CARAS PEGAVAM O GIL PRA LIMÃO E ELE NÃO FALAVA NADA, ERA CRAQUE, UM ABRAÇO PARA TODOS QUE FAZEM ESSE MUSEU DOS CRAQUES DE CAMPINA GRANDE, UM CELEIRO INACABAVEL DE CRAQUES, TENHO DITO, ESPEDITO VILAR

JOÃO MARIO disse...

Um vencedor !
Palavra que resume o grande amigo e engenheiro GIL SILVA.
Origem humilde, continuo e continua com aquela mesma humildade que o personificou !
Quanto ao futebol os amigos já deram o testemunho. Apenas tenho orgulho de ter jogado ao seu lado, pois jogar com crack não deixa de ser gratificante.
Um recado ao amigo GIL : tá na hora de fazer um regime, pois soube que tirou uma foto deitado e ficou maior que em pé..!!!
Merecida homenagem !

Carlinhos Aragão disse...

Fomos amigo de infancia desde o tempo dos coqueiros de Zé Rodrigues, foi quem me levou para o Estudantes na década de 60. Tive oportunidade de jogar muito tempo com essa fera, que deitava e rolava com a bola. Eu tinha medo de jogar contra o Oriente da família de Zé Preto, no campo deles ganhamos de 3 x 1, Gil com aquela calma e tranquilidade deu uma janela no zagueirão Zé Preto, Benivaldo Araujo, gritou de fora tai veno Zé. Grande Gil, sua amizade para mim tem um valor especial, sucesso. Um grande abraço

Marcílio Soares disse...

Grande atleta, grande jogador e um grande amigo. Joguei com Gil, por vários anos no Estudantes e era um jogador/atleta completo. No futsal foi também uma fera pra jogar bem. Um exemplo de bom carater dentro e fora dos campos. Sempre mostrou-se ser uma pessoa leal, amigo e de muita tranquilidade. Deixo aqui meu abraço fraterno ao amigo Gil, pelo belo exemplo de amizade e companheiro de peladas e de futebol. Parabéns pela hoemenagem!!!

Carlinhos Aragão disse...

Fomos amigo de infancia desde o tempo dos coqueiros de Zé Rodrigues, foi quem me levou para o Estudantes na década de 60. Tive oportunidade de jogar muito tempo com essa fera, que deitava e rolava com a bola. Eu tinha medo de jogar contra o Oriente da família de Zé Preto, no campo deles ganhamos de 3 x 1, Gil com aquela calma e tranquilidade deu uma janela no zagueirão Zé Preto, Benivaldo Araujo, gritou de fora tai veno Zé. Grande Gil, sua amizade para mim tem um valor especial, sucesso. Um grande abraço

Postar um comentário