terça-feira, 1 de novembro de 2011

A HISTÓRIA DO BOTAFOGO DA LIBERDADE





POR :JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES



Rua : Pe Pedro Serrão, 26 - Liberdade


Fundação: 01.01.1964


Quero homenagear um dos grandes times de futebol amador de Campina Grande do passado - O Botafogo da Liberdade.  O seu campo de jogo era próximo a Igreja das Graças no bairro da Liberdade, era um campo declinado e sem gramado nenhum, era só terra batida.


O "Fogão" foi fundado nos anos 60. Na sua sede tinha um Bar. O bar nasceu, anos depois, por necessidade de se criar um caixa para a compra de chuteiras, uniformes e bolas. Além, é claro, de servir combustível aos craques. O Botafogo é do tempo em que jogador de futebol podia beber (após a partida) sem culpa, porque quase todos bebiam.
Como o bar era reduto de e jogadores do Botafogo, torcedores e até de adversários, falava-se o tempo todo das glórias do passado - causos ótimos, da atual situação do futebol amador assisense. Também eram o local onde se guardavam objetos que datam da fundação do clube, como as taças ganhas nos primeiros torneios e fotos do esquadrão.

O futebol de pelada de nossa cidade do passado era um evento interessante da cidade que não existe mais, um fantasma que pode interessar a estudantes e pesquisadores. Mas eu acho que por mais que se dediquem jamais vão conseguir recapturar o clima daqueles domingos quando velhos caminhões cruzavam a cidade inteira carregando jogadores para contendas incertas pelos campos da cidade. Os jogadores passavam batucando, amontoados perigosamente na carroceria dos caminhões. No fim da tarde passavam de volta, alguns caminhões mais silenciosos, outros mais barulhentos ainda do que quando foram, batucando mais forte, comemorando a vitória.

O som desses caminhões foi durante muitos anos o som dos domingos e eu nunca vou esquecê-los, como não vou esquecer os nomes de alguns daqueles times


Galeria de fotos do time do Botafogo











Fonte: Futebol de pelada CG




2 comentários:

Jonas didi disse...

São poucas pessoas que tem a capacidade de elogiar os outros, esse time do Botafogo da Liberdade era muito competitivo e um adversário muito difícil de se vencer em seus domínios...isso não deixa dúvida. Elogiar não perder terreno, é ser espontâneo.Tive a oportunidade de jogar ao lado de Tanda no Raposinha, forte abraço amigo e saudades, Jonas didi

Anônimo disse...

eita galera boa esses time deu muito trbalho dentro de campo a meu sempre e eterno INBIRENSE foi ver esta fosto me senti mais joven noaldo nery

Postar um comentário