terça-feira, 22 de novembro de 2011

MEMORIAS ESPORTIVAS - O FURACÃO

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES




Você sabia que existiu em Campina Grande, uma equipe de futebol de salão com o nome de Furacão? Isto  aconteceu ha muito tempo atrás,  no princípio dos anos sessenta. Quando alguns amigos do bairro do São José formaram  naquela oportunidade uma das melhores equipes da época no bairro, seu nome era Furacão Esporte Clube. Entre os jogadores está o próprio Jobedis fundador deste Museu Virtual, também figurou o jovem Glauco, hoje popular Dr: Glauco Kardec. Hermani, Pai Vei, Palinho Japonés e Joãso Edoson. O treinador era o “Pai Vei”

No início está equipe era considerada uma das melhores da região, e até por isso conquistou vários títulos e partidas disputadas em varias cidades da Paraiba. Nesta foto Furacão mostra, o porque do êxito alcançado na aquela oportunidade, a mescla de jogadores experientes com jovem, mas talentosos jogadores que sugiam no princípio dos anos 60.

Esta foto uma verdadeira relíquia resgatada graças ao ex–treinador Pai Vei. Esta equipe foi campeã de um torneio entre equipes de futebol de salão fundadas para tal evento.  Na final a equipe derrotou a equipe do Disparada de Sabará por 5 x 1 gom 4 gols de Paulinho Japones e um de Jobedis. 

Pai Vei mora atualmente em João Pessoa  e trouxe esse presente ao Museu depois de muitos anos que não o via. Está foto foi tirada em 1965 em Campina Grande na antiga quadra de futebol de salão do Treze Futebol Clube no Bairro do São José, onde hoje funciona uma funerárias,  Restaurante e Pizzaria  entre outras.

Sem dúvida uma verdadeira Pérola, que o Museu Virtual do esporte Amador de Campina Grande  orgulhosamente apresenta através do Túnel do Tempo.

Um comentário:

Anônimo disse...

Jobão, parabens pelo resgate do futebol amador de uma maneira geral, ai está uma foto que retrata o melhor do futebol de salão do nosso bairro e que obtivemos grandes conquistas no torneios noturnos na quadra do treze futebol clube e nas diversas cidades do interior paraíbano que participávamos , onde a garra técnica ,a vontade de vencer, beber e dançar nos embalos de fim de semana.
Abraços Glauco

Postar um comentário