segunda-feira, 3 de setembro de 2012

QUEM ERA CRAQUE - BETINHO MALA VEIA

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES



Continuando com a memória do esporte de Campina Grande  vamos comentar a vida futebolistica de   ADALBERTO CAVALCANTI COELHO , o inesquecivel Betinho Mala Veia, meia atacante que marcou na história do futebol amador do município. Filho de Jaime Coelho famoso espírita de Campina Grande do passado. Betinho Mala Veia como era conhecido, começou a jogar futebol ainda menino, mesmo contra a vontade de seu pai que não queria vê-lo nos campos de futebol. Mas a vontade de bater uma bolinha era tanta que fugia de casa para jogar e quando retornava se escondia para enganar o pai.


Uma promessa para o futebol campinense. Foi assim que surgiu o garoto Betinho, um meia atacante  de primeira linha,  que atuou e brilhou no Estudantes durante alguns anos, no final da década de 60 e no decorrer dos anos 70. Nasceu para o futebol no dente-de-leite do Treze Chamado Galinho conforme foto abaixo:

Aos 16 anos de idade, começou a jogar descalço na equipe do Real Campina da Prata ao lado de seu amigo e companheiro de muitas jornadas Marcos Soares que marcaram época no time do bairro da Prata (conforme foto abaixo):
                                                                                                      
A partir daí, jogou em outros clubes de nossa cidade como o  Pão Duro Colégio Pio 11 entre outros. Foi chamado para o time do Estudantes e foi cavando um espaço na equipe e conseguiu aos poucos o posto de titular. Desde então, foi uma sucessão de boas apresentações que serviram para registrar seu nome na história do clube, permanecendo até hoje.


Jogador esforçado e voluntarioso, sempre treinou bastante e fez por onde para conseguir chegar aonde chegou. Além disso, contou com a ajuda de seus companheiros para poder se dar bem.

Jogou no Estudantes por alguns anos, entre o final dos anos 60 e o fim da década de 70. Defendeu as cores vermelha e branca até o término do ano de 1975, quando foi embora e encerrando a carreira após este período.
Partiu para o trabalhar como engenheiro. Atualmente presta serviços em Cabo Verde na Africa.

Infelizmente o amigo perdeu recentimente a sua perdeu sua mãe aqui em Campina Grande, ao amigo e sua família,  meus pesames.


Algumas fotos do atleta Betinho Mala Veia para ilustrar:


Adicionar legenda


                                                                   BETINHO E TOINLIDIO

BETINHO COM MARCOS SOARES E BENIVALDO ARAUJO





5 comentários:

Carlinhos disse...

Domingo fui a missa nas Clarissas, na hora da comunhão fiquei surpreso com a presença dos irmãos Betinho e Roberto Coelho. Conversamos um pouco, falou do falecimento de sua mãe há dias, e após o café matinal seguiria para Recife. Relembramos os velhos tempos do Estudantes onde jogamos juntos de 1967 a 1971. Estranho nessa homenagem justa e valiosa está faltando o time dos aspirantes do Estudantes,da maior invencibilidade de todos os tempos do Clube. Veja a formação: Toinho, Lambreta, Curura, Romero Agra e Carlinhos, Noba e Gil,Paulinho Virgulino, Jorge, Antonio Lídio e Betinho Mala Veia. Eu queria ver o Barcelona ou o Real Madri de Lambreta contra esse time formado por Noba. Amigo Betinho você merece fez histório no nosso amadorismo e um excelente profissional na área de engenharia. Um grande abraço.

JOÃO MARIO disse...

Carlinhos, tem razão, esse time de fato era muito bom, jogavam por "música" como dizíamos na época !
Betinho, era goleador nato, estava sempre em cima do lance e como era rápido sempre chegava antes dos zagueiros nas bolas que o goleiro soltava !
Betinho,tinha um hábito que chegava a ser hilário seguinte : Todas as vezes que fazia um goal, ele se virava já com a mão estendida para o aperto de mão !Só que,certa vez,já no final ele fez o goal da vitória depois de muito sufoco, e logo apos o goal virou-se com a mão estendida, mas que estava logo atrás dele era o zagueiro, e cheio de ar deu uma tapa na mão de Betinho, gritando : Oxente porra ! Tú faz o goal ainda vem soltar graça..!!!! Quase que tempo o fecha !!!
E como postou Carlinhos, grande profissional, já tendo prestado os serviços em varios paises !
Amigo Betinho, voce merece essa homenagem, Parabens !

Osvaldo Pereira (Vadinho) disse...

Jóbedis,


Esse "museu" nos surpreende e faz com que relembremos momentos épicos do amadorismo daqueles tempos.Betinho fez parte de uma história do Estudantes.E não era para menos, basta ver nas fotos acima postadas.Ratifico os comentários aqui colocados.Retratam à importância do homenageado ao futebol amador de nossa cidade.


Uma justa e merecida homenagem.


Minhas condolências ao Betinho pela irreparável e lamentável perda.


Vadinho

Anônimo disse...

BELEZA JOBÃO, BELA HOMENAGEM ME LEMBRO MUITO DE BETINHO, JOGAMOS NO COLÉGIO PIO XI SE NAO ME FALHA A MEMORIA, MAIS O REGISTRO FICOU MARCADO, MEUS PESSAMES E MUITA PAZ PARA VCS BETINHO DE SEU AMIGO ESPEDITO VILAR.

Betinho Mala Véia disse...

Jobedis,João Mário, Marcos Soares, diletos amigos foi muito bom ver fotos que eu não tenho. Daquelas memoráveis datas.Obrigado a todos, como dizia o poeta : recordar é viver. Rever e lembrar de tantos amigos, eu fiquei muito feliz, Betinho Mala Véia

Postar um comentário