segunda-feira, 21 de maio de 2012

QUEM ERA CRAQUE - SANDOVAL

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES



Recebo algumas fotos do amigo Sandoval e lembro-me do bom futebol do passado de nossa cidade, ver nas fotos da equipe de infantil da AABB de futebol de salão: Giotto, Buel, Tiquinho, Nem, Nego Gilson e tantos outros bate a saudade,  o passado do bom futebol de salão e de campo, reunião de amigos que defendiam suas agremiações com carinho, o bom futebol do passado, não o comercial cheio de esquemas que nunca deu em nada e sim neutralizava o craque, sempre vivi acompanhando varias modalidades mais com destaque o futebol de salão.


Sandoval foi um jogador  de chute muito forte, rápido na recuperação e clássico ,sabia sair jogando, vestiu varias camisas em nossa Paraiba com destaque ,iniciou no futebol de salão da AABB com o saudoso Alberto Queiroz ganhou vários títulos que ilustraram sua passagem pelo nosso futebol amador futebol de salão e futebol.


Ainda atuou pelo Treze, Campinense,  Guarabira, Nacional de Patos, Corinthians de Caicó-RN e Potiguar de Currais Novos, quando junto com Dedé de Dora, formou o melhor meio de campo do Rio Grande do Norte em 1982. Mesmo cogitado para atuar no ABC, Sandoval preferiu seguir o curso de Educação Física, sendo logo contratado para ser o preparador físico do Campinense, o que resultaria na sua carreira de técnico de futebol, conquistando logo de cara, o vice-campeonato paraibano de 1984.

Quando iria conquistar seu primeiro título como técnico em 1985, Sandoval foi prejudicado pela paralização do Campeonato Paraibano, que não teve campeão naquele ano.

Em 1986 seria técnico do Guarabira, mas uma proposta do Treze o fez voltar à Campina Grande. Conquistou o primeiro turno do campeonato daquele ano e foi decidir o título com o Botafogo de João Pessoa. A paralização do campeonato (mais uma vez), em pleno São João contribuiu sobremaneira para a perda do título, pois os atletas alvinegros embevecidos com os festejos juninos, não se prepararam adequadamente para a decisão.

Nos jogos decisivos contra o Botinha, que tinha Marcos Melo como fisicultor e se preparou o mês de junho inteiro, a equipe trezeana foi arrasada. O bom preparo físico fez a equipe do Botafogo ficar com o título, Sandoval, no entanto, permaneceu no cargo até a diretoria optar por Waldemar Carabina para comandar a equipe no Campeonato Brasileiro daquele ano, ficando como auxiliar do novo técnico. No andamento da competição, pediu afastamento do clube.

Nos anos 90, se afastaria da carreira de técnico profissional, mas sua bela história construída nos campos paraibanos, foi o suficiente para Sandoval entrar na galeria dos grandes jogadores do futebol paraibano.

Estas fotos abaixo  falam por si só, grande abraço meu amigo Sandoval


















Fontes Utilizadas:
Diário da Borborema
Trezegalo
Retalhos Historicos de Campina Grande


10 comentários:

Anônimo disse...

VALEU JOBÃO, MAIS UM DOS NOSSOS CRAQUES DE CAMPINA GRANDE, QUANTOS MAIS VC HOMENAGEIA OS CRAQUES ELES APARECEM COMO UM PASSE DE MÁGICA, É COMO DIZ A PIADA DA COBRA QUE ESTAVA NA LAGOA COMENDO MUÇU, A COBRA COMIA O MUÇU E ELE MUITO LISO SAI RAPIDAMENTE, QUANDO A COBRA SE VIRAVA VIA O MUÇU E COMIA NOVAMENTE ISSO UMAS TRES VEZES, AI A COBRA DISSE OU LAGOINHA PRA TER MAIS É FRAAAAAACOOOOOO!!!!!!!!!, MAIS VOLTANDO A FALAR DE SANDOVAL VC JA FALOU MUITA COISA MAS SE FOR FALA MESMO NUNCA ACABA DE COMENTAR, REALMENTE É UMA DAS RELIQUIAS DO FUTEBOL CAMPINENSE, SENDO DO TREZE TAMBEM E OUTROS CLUBES JA COMENTADO PELO JOBÃO. ERA TANTO JOGADOR COMO TECNICO DE QUALIDADE, UM ABRAÇO DO AMIGO ESPEDITO VILAR

Anônimo disse...

A cada homenagem aqui postada pelo amigo Jobão, um craque, um amigo, uma saudade e muitas lembranças.
Joguei com Sandoval no Galinho junto ao saudoso e amigo Josa,... lembra que na última vez que nos encontramos lá na AABB, vc me mostrou uma foto do Galinho, onde tb tem outros amigos, manda para o Jobão postar aqui, seria muita alegria revê-la, trata-se de uma verdadeira relíquia.
Sandoval vc merece esta homenagem, pois, pessoas inteligentes e vividas são notadas por aquilo que fez e foi. Parabéns, pois muita coisa aí postada, eu por ter que trilhar outro caminho, não tive a oportunidade de vê-lo jogar no Treze e outros times.
abraços, Jonas didi

Roberto Guarabira disse...

Indiscutivelmente, Sandoval foi craque com C maiúsculo.
Naquele tempo em que se jogava com um só volante, ele dava conta da "cabeça da área" e ainda ia la na frente bater em gol. Chutava poooooouco?
Tive o prazer de jogar ao seu lado durante muito tempo no racha BOLA DE OURO onde foi artilheiro por inumeras vezes.
Amigo de primeira linha, bom papo, principalmente numa mesa de bar, onde ele ainda é um verdadeiro craque cantando e tocando violão.
Parabéns por mais uma justissima homenagem.

Wdilson disse...

Grande craque, grande amigo e grande homem.
Talvez ele nem se lembre disso, jogamos juntos, ainda garotos, no Campo do Padre ou Grupo do Rosário para os menos avisados. Tempo bom aquele. A briga maior era escolher quem ia jogar ao seu lado e do nêgo Ciço, pois eram os melhores, fora seu irmão Tulica e seu primo chamado Paulista. Tempo passa rápido mas ainda temos a mesma amizade, Abvraços, Wdilson

Anônimo disse...

Sandoval fez parte do time do galinho, só de craques!!! Além de brilhar também no Futsal da AABB. Mas no Treze Sandoval fez história. Um dos melhores volantes do Nordeste naquela época. Poderia ir para qualquer time do Brasil sem problema nenhum, pois já era um volante moderno, pois além de marcar bem, tem um ótimo toque de bola e vai ao ataque fazer gols com seus belos, fortes e certeiros chutes. Prova disso é ter sido artilheiro do Racha dos Targinos e tbm do Bola de Ouro por diversas vezes. De 1971 a 1975, nos enfrentamos por diversas vezes, eu pelo Campinense, Sandoval pelo Treze em partidas memoráveis. Era difícil enfrentar um meio campo com Sandoval presente. Era uma parada dura. Mas tudo dentro da lealdade e amizade. Só tive oportunidade de jogar profissionalmente ao lado de Sandoval, só em 1975, no Campeonato Brasileiro, na 1ª participação de um clube Paraibano no Brasileiro. Não fizemos um bom campeonato, mas naquela ocasião nos tornamos grandes amigos, amizade que perdura até hoje, é claro!! Sandoval também foi um ótimo treinador, chegou a ser treinador do Campinense, foi vice-campeão 2 vezes do Paraibano. Deveria ter continuado, pois além de conhecer muito de futebol, é Prof. de Educação Física e sabe lidar com os jogadores. Acima de tudo é um gde amigo. Sandoval, vc fez história no futebol da Paraiba
Tenho a honra de ser seu amigo. Valeu!! Garotão!!!

Dão Barreto

Marcos André disse...

Roberto guarabira por acaso voce jogou num time "jalisco" e era conhecido por guarabira?

Anônimo disse...

Esse é o nosso pai! Nosso eterno campeão! Nós te amamos Karol e Guga (filhos) Matheus, Arthur e Maria Eduarda (netos)

Arivaldo Mendonça disse...

Sandoval
Orgulho de paraibano.
Parabéns.

Arivaldo Mendonça disse...

Parabéns!
Grande amigo.

Arivaldo Mendonça disse...

Sandoval.
Hoje.
Reserva de moral do futebol paraibano.

Postar um comentário