domingo, 10 de junho de 2012

QUEM FOI CRAQUE - MARTINHO FARIAS

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES


Ele não gosta de fazer marketing em torno de seu passado. Provavelmente seja este um dos motivos para passar despercebido em várias ocasiões. Mas quem acompanhou o futebol de pelada de Campina Grande na década de 70, sabe quem foi Martinho (ex-jogador do Everton Esporte Clube) e ainda desfruta de sua amizade, pode constatar essa premissa. Foi titular entre 73 até o final da década de 70, conquistando títulos de campeão de alguns torneios. Martinho só não participou da campanha do bi campeonato Suburbano porque quebrou o braço e foi substituído por Chiquinho neste torneio. Jogou tambem algumas partidas pelo time do Estudantes, Boavistense  e pelo Curtibol conforme foto abaixo.

MARTINHO – Muito jovem chegou ao time principal do Everton e destacou-se como um dos melhores laterais do Everton. Seus estilos ofensivos, atrevidos, de ótima técnica e muita velocidade, era completados pela eficiência nos cruzamentos, o que valeu muitos gols a diferentes centroavantes do time. Terminou seus estudos (é formado em engenharia), mora atualmente na região amazônica atuando como engenheiro na cidade de Porto Velho (Diretor de Departamento na empresa Secretaria de Projetos e Obras Especiais - Municipio de Porto Velho), o grande amigo construiu durante sua digna vida um grande número de amigos, fãs e, sobretudo admiradores sinceros. Aos 56 anos de idade, completos nesta quinta-feira (14/06,

É  um grande empresário na cidade de Porto Velho. Com a mesma habilidade com que procurava desmontar o sistema defensivo dos adversários
Fica aqui, através do Museu do Esporte minha singela homenagem com  fotos que eternizaram grandes momentos do digno homem, como prova do grandioso ser que tenho a honra de ostentar como AMIGO.

Grande abraço, e, tenho a certeza, que as minhas palavras são as de muitos que também o admiram e respeitam. Grande jogador de futebol no passado, grande engenheiro e empresário no presente e ser humano grandioso sempre. Certamente seu caminho será repleto de surpresas agradáveis, e a cada dia terá um sonho realizado. 

Felicidades a você e a todos os que estiverem a sua volta.

Algumas fotos do atleta e desportista para ilustrar sua homenagem:











13 comentários:

Thadeu disse...

ei moreno tá passando cal na cabeça. Um grande abraço pelo seu aniversário, foi lateral manso!
Thadeu Borba

Anônimo disse...

Ah! Pense num lateral “manso” no trato da bola e na vida. Martinho o predileto sobrinho de Titia Iolanda e Tio Paulo Buchudo (já homenageado pelo “blog” in memoriam) temos uma parceria dos tempos idos de 70 no Everton e Boavistense. Onde fizemos grandes jogos e conquistamos títulos relevantes no amadorismo de Campina Grande. Naquela época fazíamos o que o “Barça” faz hoje, colocávamos os adversários na “ciranda”. Para desespero de Zé de Biu e uns zagueiros “brabos” daqueles tempos. Excluído dessa regra só João Mario (grande zagueiro) que considera “sentar” na bola, desrespeito ao adversário.
Encontramo-nos recentemente no “Parque do Povo” onde aproveitamos e colocamos nosso papo em dias. Um grande amigo, que tenho a satisfação de estar dentro do contexto de suas amizades.
Jóbedis parabéns pela justa homenagem.
Abraço
Vadinho

Anônimo disse...

Jobedis, mais uma justa homenagem!! Reeencontrei Martinho em Porto Velho continua a mesma pessoa: simples, leal e digno
Abs
Marinaldo, Teresina 11/06/12

Mario Vinicius Carneiro Medeiros disse...

Foto interessante a de 1974 no PV... A arquibancada por trás do gol ainda bem pequena.
há 8 horas · Curtir

Dão Barreto disse...

Valeu! Jobão pela matéria com o gde craque Martinho. Jogamos juntos no Everton. Parabéns Martinho pelo seu níver. Felicidades. Deus ilumine vc e seua linda família. Dão barreto.

Anônimo disse...

De Fernando Cangurú.
Nego Martinho, companheiro de estudos, noitadas, jornadas futebolistas e muitos papos no banco da praça. Pessoa maravilhosa, inteligente e amiga. Fino trato com a bola. Merecida homenagem a um homem íntegro. Parabéns pelo aniversário e vida longa a voce e a sua família. Agora quanto a cabeleira tenho uma fórmula boa. Abraços do Amigo, Fernando Cangurú.

Anônimo disse...

Eita amigo Jobão, que homenagem linda e bem merecida ao nosso grande amigão Martinho, e logo nesta semana em que ele faz aniversário e aqui aproveito para mandar meus parabéns.
Martinho, amigo verdadeiro, tudo acima já dito, só comprova como você é querido pelos seus amigos, de forma pessoal tenho uma amizade duradoura onde guardo no peito, fomos companheiros nos estudos, no esporte...onde no nosso querido Everton formamos uma ala esquerda que me deu um enorme prazer de até hoje relembrar (e vc já fez tb), daquele "banho de cuia" que dei no jogador já caído, no campo da Ipelsa, após eu dá um drible nele ou gréia heim amigo, até hoje acho que ele limpa o calção ao relembrar kkkkkkkkkkkk.
Martinho... sinto um grande privilégio em ter jogado com vc, lateral que jogava fácil, sem maltratar a bola.
Estamos distantes e há muito tempo não nos encontramos, mas a saudade é aqui superada com todas as lembranças postadas por amigos nossos, que Deus te proteja dando o poder de olhar para o futuro com alegria e que a vida possa sempre lhe parecer linda sempre.
Forte abraço do amigo de sempre Jonas didi

JOÃO MARIO disse...

Essa homenagem a Martinho, por sinal muito justa, me traz um misto de tristeza e saudade, pois foi através do seu tio e um verdadeiro amigo/irmão que tive o saudoso Eng. Paulo Graciano, ou Paulo Buchudo, como chamavámos na intimidade. Quanto a Martinho joguei contra e juntos pelo ESTUDANTE.Não for entrar em detalhes, mas Martinho poderia ser um profissional no futebol e bem longe daqui, pois futebol tinha de sobra !
Parabéns Martinho ! Você merece !
E Buchudo deve estar vibrando lá em cima, com certeza !
Quanto ao "sentar na bola" que Waldir se referiu.....se for o que estou pensando, de fato " a tampa da lata avôou no campo do Olaria ! Estou certo Waldir !! kkkkkkkkkkkkk!

Anônimo disse...

João é por essa e outras que falo que você é uma enciclopédia do nosso futebol amador. Acertou na “mosca”. Jogava Everton X Estudantes no campo do Olaria e com o placar favorável ao Everton, iniciaram-se uma “ciranda” e o jovem Madruga (in memoriam), sentou na bola... Aí o tempo fechou.
Valeu João.
Vadinho

Anônimo disse...

Homenagem merecida. Joguei com Martinho no time de futebol de campo do Estadual da Prata e no último ano do curso de graduação em engenharia. Ele tratava a bola com carinho e era leal na dividida com os adversários. Fora de campo era um cara tranquilo, de fino trato. Depois de termos nos tornado engenheiros, eu eletricista e ele civil, seguimos rumos diferentes, mas vez por outra nos encontramos em aeroportos e, nessas oportunidades, atualizamos as nossas memórias e celebramos a nossa amizade.
Bené

Anônimo disse...

A vc Jóbedis, agradeço a homenagem publicada no museu. Vc é um cara que respeito bastante, não só porque jogamos juntos, mas pela pessoa que é, aliado ao grande trabalho de resgate do passado que vc está construindo de uma época que merecia ser conhecida por todos.
Aos comentários dos vários amigos, me faz sentir grat por ter sido integrante de uma época que valeu a pena!
Agradeço a todos!

Jobedis Magno disse...

MARTINHO FALTOU VC COLOCAR SEU NOME

Anônimo disse...

É amigo Jobão, nada de "marketing"...nem o nome ele faz postar...kkkkkkkkkkkkkkkkk

Jonas didi

Postar um comentário