terça-feira, 17 de julho de 2012

QUEM ERA CRAQUE - ELIAS

Por: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES

O futebol do passado me trás lembranças de grandes jogadores, o nome de Elias Cunha Melo, poucos saberiam quem foi,  mais se falar “Elias ex-goleiro do Campinense e Treze da década de 60  ai já temos uma referencia.

Nas peladas, geralmente, a posição de goleiro é relegada aos menos habilidosos. No futebol apesar de baixinho o Elias, se saía muito bem, com defesas espetaculosas. Mas sempre se orgulhou de ter atuado como arqueiro. Nem a solidão do uniforme diferente ou muito menos o calvo terreno ao qual era confinado, o demoviam de envergar a camisa número um. 

Pois esse atleta  ainda jovem depois de jogar pelada por alguns times da cidade tais com o : Estrela Vermelha, da  Rua Quebra Quilo, Palmeira,  Real Madri e o Juventus  do Bairro do São José e na equipe amadora do Trezinho conforme foto abaixo)

Nesta foto o Eliaas está de ponta esquerda

Depois de boas apresentações no time amaor do Treze Elias foi chamado para jogar no Nautico de Recife e se saiu muio bem no time timbu, e jogou algumas partidas no time iular conforme foos abaixos:  

 


Depois de jogar no Nautico de Recife foi contratado para jogar  no time profissional do Campinense no ano de 1963, disposto a fazer história, e se consagrou nos anos e fez história por ser formado quase na sua totalidade de por jogadores surgidos nos campos de pelada de nossa cidade, o qual foi campeão vestindo a camisa com as cores do rubro negro de nossa cidade conforme foto abaixo:
 
Atuou na melhor fase do futebol do Campinense Clube e conquistou vários títulos, sempre mostrou sua caracteristica de ser um pequeno/grande goleiro  em campo.
Por suas boas atuações acabou chamando atenção do CSA de Alagoa que o contratou para jogar no futebol alagoano conforme foto abaixo:
Elias ficou pouco tempo e retornou ao futebol Campinense para jogar no Treze que requisitou seus préstimos em 1968, participou quatro temporada de 68/71.Conforme foto abaixo em uma partida que disputou com a presença do grande grande Garrincha.

Janca, Elias;  Antonino,  Nilton Sival, Leduar;  Mané e Nilton; Garrincha,  Lima, Chicletes, Pedrinho e Zé Luiz


Muita história que faz com que Elias, hoje vislumbre no passado de trabalho, anos felizes. Trabalho que se confundia com diversão. Trabalho que produzia prazer..
Agora já aposentado da bola e do serviço continua no batente como advogado no seu escritório, apenas ficam as lembranças de seus grande feitos.
Parabéns grande e extraordinário goleiro Elias, pelo belos momentos que teve sua participação na história do futebol amador  e profissional em Campina Grande e em outros estados do Brasil.
Algumas fotos e recorte de jornais do Elias:


ELIAS COM AMIGOS E FAMILIARES



Elias no casamento da filha




6 comentários:

Roberto Guarabira disse...

Quando cheguei aqui em Campina Grande nos idos de 1967 ainda tive o prazer de ver Elias jogando.
Foi realmente um grande goleiro, embora a sua altura não colaborasse muito.
Mas contra fatos não há argumentos, aí estão as grandes equipes que ele teve o prazer de defender.
Você tem história, meu querido Elias.
Que bom que temos este espaço que o nosso amigo Jóbedis criou para eternizar quem se destacou no esporte.
Parabéns e o meu profundo respeito pelo seu passado de glórias tanto no Treze, quanto no Campinense que eu tive o prazer de presenciar.

Anônimo disse...

Quando fala-se no tamanho pequeno (altura) para goleiro, de o grande Elias, lembro-me outro pequeno goleiro, vindo do Naútico de Recife para o Treze, o inesquecível VALDEMAR. Ambos grandes e eternos goleiros, como diria o filósofo João Mário: fechavam as traves, ou metas!

Jose´Candido da Silva (Candinho) disse...

Olá, quero parabenizar quem idealizou este site, está maravilhoso. Depois de 32 anos tenho noticias desta cidade onde meus avos, meus pais e tambem eu e meus irmãos residimos, fiquei muito emocionado ao ver tantos grandes jogadores do passado e os grandes times de pelada. Aos 20 anos mudamos. Hoje resido em Campinas SP. Tenho Campina Grande no coração. Tenho muitas saudades dai. Tenho tios e primos que mora em Esperança mas, não consigo sair do trabalho para visita-los. Estudei no Estadual da Prata no ano de 1970. Me desculpem tenhos tantas coisas para escrever que fiquei perdido. Abracos para todos desta cidade QUE NUNCA SAIU DO MEU CORACÄO.

Anônimo disse...

Bem merecida esta homenagem ao Elias, olha amigos além da gente ter o prazer de relembrar o passado brilhante desse craque, temos tb a alegria de rever outros grandes craques dessa época que deixou tanta saudade, e na postagem de algumas fotos temos também particularmente uma lembrança que ficou marcada...por exemplo, esta do time onde tem o inesquecível Garrincha, eu estava lá!

Eias, o que Jobão faz aqui, nem preciso mais discorrer de linhas para elogiar, a cada homenagem...uma lembrança, marcada por uma saudade e você merece e muito, parabéns!

Jonas didi

Jório disse...

Jobão, Elias meu grande amigo de infância desde os tempos do Real Madri do São José, um dos melhores time de pelada descalço de Campina Grande,merecida esta homenagem a este Hexa Campeão Paraibano abs.

hildeman disse...

ELIAS, grande amiguinho de infância, conheci o homenageado através de bolas de panos, jogando barra barra por traz da Igreja da Guia,as pareias era eu e Ribeirinho ou (Flávio Borges) Elias e o irmão dêle o Tárcito) depois ingressamos no infantil do trezinho onde fui reserva do Elias por por muito tempo, só tive oportunidade depois que o meu irmãozinho foi levado para o Nautico através de um olheiro chamado Alexandre lá de Recife. Aprendi muito com o Elias, amigo de todos os tempos com muita sinceridade e honestidade. Lá em Maceió, tive na secretaria do CSA onde êsse grande goleiro foi bi campeão pelo time alagoano e, eu o apontava emocionado para as fotografias do CSA onde constava o amigo como goleiro e, dizia êsse aqui eu o conheço com muito orgulho.

Postar um comentário