segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

CANTINHO DA SAUDADE – João Enganei Mãe

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES


Foi com pesar que tive conhecimento do falecimento ocorrido dia 08 de janeiro, aos 63 anos de idade, do amigo João Dantas Morávamos no mesmo bairro do São José por alguns anos, era um apaixonado pela boemia e sinuca. Solicitei as amigas Bery e Corrinha fotos do amigo João para colocar aqui no Museu diversas vezes. Infelizmente a morte veio buscá-lo antes de elas trazerem as referidas fotos. 


À família enlutada nossos pêsames, e ao amigo João Enganei Mãe ou João de Bery ou Boca da Noite  como também era chamado pelos amigos, que partiu desse mundo, nossas homenagens em nosso Cantinho de Saudades.

No livro que estou fazendo sobre o bairro do São José eu faço um pequeno texto sobre o falecido amigo:

João Enganei Mãe – Era uma figura pitoresca. Magro e franzino, com um bigodinho fino que parecia o de um artista de filme mexicano e os dentes meios separados um do outro. Usava sempre roupas amarrotadas sobre a camisa aberta no peito. Enfim, era uma figura que a primeira vista parecia engraçada, mas que impressionava com pouco tempo de observação. Gostava de tomar umas biritas extravagantes. Este seu apelido se deu em virtude dele em uma de suas cachaças dizer a mãe que tinha uma sinuca correndo atrás dele. Quando a mãe abriu a porta ele exclamou “Enganei mãe”, por este gesto ele ganhou o apelido.

DESFILE DE FANTASIA NO CARNAVAL - A AABB queria promover o carnaval e Jobedis (o editor deste Museu), como sócio-atleta da AABB foi convidado pela diretoria para ser diretor social e promover o carnaval do clube. Os bailes seriam dedicados aos associados e convidados que, com muita alegria, contaminariam os salões com grande euforia. Os “moradores do Bairro formaram um bloco chamado ‘ Os vadios do São José” (Son, Jobão, Fernando Canguru, Naldo, João Enganei Mãe, Beri, Corrinha, Catita, Firmino, Marcos Machado, Glauco entre outros). Na sexta-feira o carnaval ficou ainda mais animado com o tradicional concurso de fantasias, momento mais aguardado da festa. O Bairro do São José era representado por João Enganei Mãe com a fantasia “A aranha no Ano 2000. Os participantes do bloco procuraram mostrar muita criatividade na confecção da fantasia do nosso representante, que distribuía charme e carisma na hora do desfile, encantando não só os foliões do baile, como todos seus parentes e torcedores. E para esquentar mesmo o clima carnavalesco. João com uma sua fantasia original ficou entre os três primeiros lugares, concorrendo ao prêmio máximo. - Continua o desfile de fantasias e nosso representante tirou em 2º lugar, apesar dos protestos da torcida. Os prêmios foram atribuídos segundos os “jurados” de acordo com a originalidade e luxo, além da premiação surpresa e menção honrosa. Mesmo assim, fomos bem representados pelo nosso querido amigo.

Às vezes a vida nos faz algumas surpresas e coloca algumas pessoas especiais na vida da gente. Pessoas especiais, únicas. Amigão mesmo. Sabe aquelas pessoas que você sabe que pode contar, mas que não está sempre por perto? Pois é. Coisas que a internet e o advento dos blogs podem propiciar. Aliás, este Museu do Esporte é motivo de muita empolgação. E quando a pessoa é apaixonada com alguma coisa, faz sempre tudo com muito gosto, muito amor. Era assim meu amigo João Enganei Mãe. Um cara único. Ímpar. Uma pessoa humilde e honesta, de garra, fibra, persistência. Uma pessoa de família simples e muito boa, ao qual eu pude conhecer ao longo de minha vida, o suficiente para ver o que todos têm muito amor no coração.

A única coisa que digo é: Vai com Deus, João.

Em nome de toda a comunidade do Bairro do São José

 Obrigado por tudo!


ALGUMAS HOMENAGENS DE AMIGOS E FAMILIARES AO NOSSO JOÃO

Segunda-feira, 9 de janeiro de 2012
Nossas homenagens a João de Beri, o Boca da Noite, como era conhecido em Natal-RN.

Recebemos, hoje, pela manhã um sentido email de Igor. Ele nos comunicou o falecimento do seu pai, João de Beri.

À família enlutada a nossa mais profunda manifestação de condolências.

João de Beri era o próprio espírito buliçoso cajazeirense!

......................


Dirceu

É com todo sentimento de dor e tristeza do meu coração que comunico que o meu paiJoãofaleceu ontem à noite no Natal Hospital Center, às 21:00 e o enterro será às 15:30 h,  na Morada da Paz, em Natal-RN!



Peço que você faça esta comunicação aos amigos dele e todos os leitores do Sete Candeeiros Cajá.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012
Rafael Holanda envia pêsames à família de João de Beri.

Dona Bárbara e João de Beri

Caro Dirceu

Através do conceituado blog Sete Candeeiros Cajá, quero expressar em nome de minha familia, o profundo pesar pela morte do nosso amigoJoão de Beri, a  amiga Barbara e filhas.

Aqui, fica o meu silêncio de dor e saudade, por uma pessoa que viveu a vida pelos caminhos da bondade e fez de seus campos férteis um longo rosário de amigos.

Aqui, fica a minha mais sensivel expressão de ausencia, de lembranças que enfeitaram a nossa juventude emCarrazeiras, de coisas que partiam do João que somente o João era capaz de fazer.

No céu há sempre uma vaga para os que trazem consigo o designio de fazer sempre as pessoas felizes.

Atenciosamente

Rafael Holanda e familia.


segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Nossas homenagens a João de Beri, o Boca da Noite, como era conhecido em Natal-RN.


Recebemos, hoje, pela manhã um sentido email de Igor. Ele nos comunicou o falecimento do seu pai, João de Beri.

À família enlutada a nossa mais profunda manifestação de condolências.

João de Beri era o próprio espírito buliçoso cajazeirense!

......................



Dirceu

É com todo sentimento de dor e tristeza do meu coração que comunico que o meu pai, João, faleceu ontem à noite no Natal Hospital Center, às 21:00 e o enterro será às 15:30 h,  na Morada da Paz, em Natal-RN!
Peço que você faça esta comunicação aos amigos dele e todos os leitores do Sete Candeeiros Cajá.
Igor

 setecandeeiroscaja   http://img1.blogblog.com/img/icon18_email.gif
 

1 comentários:

Eriston Cartaxo disse...
Mais uma amigo "véi" de guerra que se vai. Cajazeiras fica triste, e órfã de mais um filho querido e cheio de espiritualidade.

8 comentários:

Anônimo disse...

Votos de pesar e tristeza pelo falecimento do amigo João, a toda familia enlutada, amiga Bery, Edlama, enfim a todos amigos e familiares. Astró.

Anônimo disse...

Sei que o lugar em que vais tornar-se-á mais feliz. Sei, também, que encantarás a quem lá estiver. Muito aprendi contigo, ensinando-me o que é a felicidade de viver, mesmo que o material fosse escasso, sempre o espiritual prevalecia. Tive o privilégio de ser seu amigo e da sua família e, hoje, com o seu passamento a outras estradas ficam as condolências aos seus familiares que tanto admiro. Siga o caminho que o "ser supremo" lhe indicará e espero, um dia, nos encontrarmos novamente. A vida terrena é uma etapa e voce a cumpriu condignamente. Até breve amigo e muita luz em sua direção. A Dona Bárbara, Bery, Edilamar e Corrinha os sentimentos de Fernando Cangurú e Família.

Anônimo disse...

Ao nobre amigo João Enganei Mãe como era conhecido lá no bairro de São José, deixastes muitas lembranças e sorrisos entre nós. Aos familiares, nossos pêsames! Descanse em paz AMIGO!

ANTONIO AUGUSTO CAVALCANTI disse...

PARABÉNS PELO MUSEU
PARABÉNS AMIGO POR TER UM SITE QUE FALA DE TODOS ESPORTES DA NOSSA QUERIDA CAMPINA GRANDE. É DE PESSOAS COMO VC QUE PRECISAMOS PARA RESGATART AS COISAS BOAS DE NOSSA CIDADE DO PASSADO. MORO ATUALMENTE EM PORTUGUAL E O MUSEU É UMA FERRAMENTE QUE ACESSO TODOOS OS DIAS. PARABÉNS !!!!!!!!!!!!!!!!!

CRISOSTOMO FERREIRA disse...

Parabéns pela Matéria,eu apenas o conhecia dos meios esportivos, mas na minha época de adolescente jogando pelo CorintHIAS DE cASA DE PEDRA, o saudoso goleiro Edmilson sempre citava a potencia do chute do Jobão , depois eu o vi jogar naquela partida que seu time o Everton ganhou por 6 x 0 e com cinco golls seus é pode comprovar o que dizia o velho Edmilson. Parabéns pelo Museu tambem

Luiz Antonio (Lulinha) disse...

PREZADO JOBEDIS
Tudo bem ? Tomei ciencia deste site através de um "link" colocado no site retratos Historicos de Cmpina Grande. Em primeiro lugar, PARABÉNS pela homenagens aos atletas e desportista do passado de nocca cidade e pela iniciativa deste site. Achei fantástico ver as fotos antigas dos jogadores de futebol e dos clubes que fizeram história em Vampina Grande. Meu pai se chamava Carlos e jogou como goleiro no Cenourinha da Liberdade e em outras equipes de futebol na epóca de 60. Infelizmente Deus decidiu por convoca-lo a jogar na "Seleção dos Céus" e em 1978 ele nos deixou, mas ainda está vivo em nossos corações. Caso vcs tenham alguma foto e pudessem colocar no site, a família ficaria muito agradecida. Somos todos filhos de Vampina Grande, mas atualmente a familia se espalhou e estamos morando em Sorocaba, Santos e Campinas, . Eu possuo muitas fotos desta época e caso necessite, favor contactar-me. Grande abraço e mais uma vez, PARABÉNS

Anônimo disse...

João, há tempo não te via, e triste fiquei ao saber que foi antecipada a sua ida para outra vida, que Deus o tenha num bom lugar, meus siceros pêsames a toda família, fica lembranças boas e uma saudade imensa!
JONAS DIDI,

inaldo felix-naldinho do são jose disse...

É,mais um amigo ta la com Jesus,era um cara porreta,tomamos umas biritas juntos agora é so saudades quem ta com ele agora é Firmino,tirando onda com a cara dele a vida é assim mesmo estamos vivo,mas temos que se reunir,outra vez ñ sabemos onde mas,eles estão esperando agente ir tambem,ñ sabemos quando mas que vamos, vamos, um abraço em todos amigos,e, vamos nos encontrar viu.

Postar um comentário