quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

QUEM ERA CRAQUE - ZACARIAS RIBEIRO

POR: JÓBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES



Já comentei várias vezes aqui neste Museu que no passado Campina Grande  teve brilhantes goleiros de futebol de campo e de salão, logicamente cada uma na sua época  e deixaram suas defesas  maravilhosas registradas nas retinas das pessoas que os assistiam.

 Na medida do possível estamos homenageando e recordando o nome de todos, pois eles também ajudaram a escrever com letras de ouro um pouco da história do futebol amador de nossa cidade.

Entre tantos bons goleiros, hoje quero homenagear Zacarias Ribeiro. Como jogava bem esse jovem, tinha boa colocação, muita coragem, elasticidade, seus voos arrancavam aplausos dos torcedores.   Sempre é bom recordar o nome daqueles jovens que estiveram presentes há mais de 40 anos no futebol amador de nossa cidade É bom registrar que naqueles anos  Campina Grande tinha grandes goleiros e excelentes jogadores de futebol de salão e o nosso Zaquinha era uma das atrações. 

Zaquinha ainda defendeu outras equipes, sempre com a mesma dedicação, com o mesmo brilho. Tambem se destacou jogando futebol no ataque  conforme veremos algumas fotos do mesmo jogando de atacante.

Ao goleirão do passado, Zaquinha, as homenagens destas Reminiscências Esportivas.
Algumas fotos do grande Zaquinha ontem e hoje.





Zaquinha hoje


16 comentários:

Anônimo disse...

apesar de nunca termos jogados juntos, era um admirador de suas grandes defesas no futebol de salão pelas diversas equipes que jogou alem de ter sido considerado, nos jub's de antigamente, um dos melhores goleiros de futsal universitario do brasil.

eximio atacante de futebol de campo e excelente cobrador de penaltis.

zaquinha, campina e nós nos orgulhamos de ter tido em nossas quadras e campos goleiros como vc.

wagner

Zacarias Ribeiro disse...

Prezado Jobedis,


Coloquei a minha mensagem no Museu Virtual; não sei se consegui.Assim estou lhe enviando os meus agradecimentos.

Sua atitude de resgatar o esporte amador me deixou alegre e convicto de que a nossa juventude foi fertil e saudável.

Agradeço ao grande e velho amigo Oton , que lhe encaminhou a foto do Pão Duro.Nesta "equipe de craques" eu dava uma de Meia Esquerda, este era o nome dado aquela posição.

Seu carinho e elogios às minhas proezas como goleiro me deixou achando que sou " O CARA ".
Isto é o que se chama de: reminicências alegres de um passado feliz.

A alegria que você e Marcílio proporcionaram a mim e ao nosso ídolo Mozart, está evidente nas fotos , na oportunidade do IV ENCONTRO.

Um abraço atodos,

Zacarias

Jobedis Magno disse...

Zaquinha como seu comentario não tinha saido no museu postei o seu email de agradecimento. Uma pena eu não ter mais fotos do prezado para deixar registrado na historia de Campina Grande , mas ainda dar tempo é só vc me mandar por email que postarei na sua historia. Obrigado pelas palavras
Jobedis

Anônimo disse...

VALEU JOBÃO REALMENTE ZACARIAS ERA OU FOI UM GRANDE GOLEIRO E TAMBEM ATACANTE, UMA COLOCAÇÃO IMPRESSIONANTE. ESPEDITO VILAR

Oton Amorim disse...

Prezados Zacarias e Jóbedis



Segue abaixo meu comentário sobre o texto escrito por Jóbedis acerca de Zacarias, como goleiro fora de série de futebol de salão, na década de 1960.

Gostaria que este pequeno resumo sobre o grande Zacarias fosse postado no site do Museu Virtual ...................

Zacarias Ribeiro - Zaquinha


"Falar de Zacarias Ribeiro é o mesmo que falar de minha infância, adolescência e maturidade. Somos amigos de fé há cerca de 57 anos. No curso primário na Escola Nossa Senhora de Fátima; no Colégio Diocesano PIO XI; nas quadras de futebol de salão, nos campos de futebol amador, nos clubes sociais, na banda marcial do Colégio PIO XI, ou nos blocos de carnavais inesquecíveis, estivemos juntos durante vários e indeléveis anos. Mas, o que mais me envaidece, não é apenas ter sido seu colega de estudos e de futebol, é ser seu amigo por mais de 5 décadas.

Tive, em 1963, quando do seu retorno de Surubim - PE (juntamente com Marcelão) a atitude ousada de lançá-lo como goleiro de futebol de salão, no time do PIO XI, que com ele no gol, Marcelão, Marcos Loureiro (in memoriam), eu e Parrudo, marcou época nas quadras de Campina Grande e de outras cidades, por cerca de 5 anos. Este time foi campeão invicto da I Olimpíada dos Jogos Estudantis de Campina Grande, realizada em 1965, em decisão memorável contra o time do Colégio Estadual da Prata, no Ginásio da AABB. Lembram-se caros amigos Wagner e Jóbedis? Sem falsa modéstia, formei com Zacarias e Marcelão, um meio de campo respeitado pelos adversários nos campos de futebol de Campina, nos já longínquos anos de 1960. Naquela época já praticávamos o 4-3-3.

Prezado Jóbedis, no seu devido tempo, enviarei mais fotos do futebol amador de Campina Grande, nos anos de 1960. Reitero que esse seu incansável trabalho - resgate da história do futebol amador de nossa Campina - já merece o reconhecimento, não só dos praticantes de esportes nas décadas de 60 e de 70 - mas, também, de todos que amam, como eu e você, esta terra. Mais cedo ou mais tarde sei que ele virá.

A Zacarias, meus parabéns - como já muito bem frisou Jóbedis - por ter sido um goleiro de futebol de salão excepcional e por receber essa justa homenagem, e o meu abraço fraterno".



Abraços a todos.



Campina Grande, 11 de janeiro de 2012. (23h20).



Oton Amorim.

Zacarias Ribeiro disse...

Aos amigos Oton e Jobedis

A trajetoria da amizade com Oton tambem me orgulha .

Agora, Jobedis... eu quero saber quem é que vai relatar no MUSEU VIRTUAL sobre o craque Jobedis, foto sua eu não tenho; mas registro o meu testemunho de goleiro, como era bom ter você do nosso lado.Para mim a sua principal caracteristica além de craque nato, era a sua classe,exímio marcador e visão de jogo.Era um estrategista dentro de campo.
Veja que o Museu Virtual provoca trocas de elogios, porem os fatos são conhecido de todos que curtiam o esporte amador das décadas de 60 e 70.

Abraços Zacarias

Jobedis Magno disse...

obrigado pelas palavras, tem ainda muitos craques a serem homenageados

Simplicio Filho Clemente disse...

obedis bom dia!

Foi embora um um grande amigo, mas ficou o que ele plantou Nego Gilson e Geraldo. Meus sentimento a D.Zelia neego Gilson e Geraldo.

Um abraço,

Simplicio Filho Clemente

João Mario disse...

Amigo Zaquinha ! Vi alguns jogos seu, pois já tinha deixado o Futsal.Mas voce revelou-se um dos grandes goleiros de futsal da cidade. Aliás Campina foi um grande celeiro de cracks de futsal incluindo o goleiro.Joguei contra seu mano Renato,no começo de minha carreira e ele sendo o craque que foi era de se esperar que voce seguisse os seus passos, mesmo no gol!!
Quase que não lhe reconheci quando do Encontro !
Achei voce mais "agalegado" ! rsrsrsrs.
grande abraço
João Mario

Anônimo disse...

Entre tantos bons jogadores de Futsal que Campina apresentou, Zacarias Ribeiro (Zaquinha) foi mais um desses monstros que marcou seu nome na história dos goleiros da Paraíba. Lembro-me bem de uns Jogos Universitários Brasileiro (não lembro o ano)mas Zaquinha foi apontado como o melhor goleiro dos jogos universitários, isso nos encheu de orgulho.
Grande nome nos esportes amadores de Campina, grande amigo, grande carater!!!

Marcílio Soares

Anônimo disse...

Aos amigos que me refereciaram Oton, Jobedis, Marcilio, João Mario, Wagner, Espedito Villar (este ultimo, amigo e primo).

Acho que o mais velho é João Mário; por isto como aprendi com o meu velho Pai, respeitar os mais "experientes" vão os meus agradecimentos pelas suas palavras... apesar de ter me achado meio agalegado rsrsrs.Na oportunidade do IV encontro Eu, Mozart e Eriberto fomos matar a saudade do choop do Alemão.Ali nos lembramos que você casou com uma das filhas dele. E a fofoca ( com todo respeito) foi a seguinte: como uma mulher tão bonita casou com um "cabra feio como você"?
Oton, Jobedis e Marcílio, renovo meus agradecimentos pelas palavras.
Wagner, quando fomos aos Jogos Universitários Brasileiros em 1972,no Rio Grande do Sul meu Pai, me disse que se encontrou com o seu,antes da nossa viagem porem já convocados, e os dois tomando uma cervejinha, curtiram os filhos.

Espedito, se fosse possível explicar alguma coisa sobre o improviso que é o jogo de futbol, quero lhe dizer que quanto a minha "colocação" que você e Jobedis fez referencia, acho que decorre do seguinte conselho do meu velho equerido pai in memoriam( não tenho registro de que ele o meu Pai jogou futbol), quando me viu jogar pela primeira vez: O GOLEIRO TEM QUE INITERRUPTAMENTE FOCALIZAR E SE POSICIONAR EM RELAÇÃO A BOLA DURANTE TODA A PARTIDA... MESMO QUE ELA ( A BOLA ) ESTEJA NA MÃO DO GOLEIRO ADVERSÁRIO )

Um abraço em todos

Zacarias

Anônimo disse...

zaquinha: toda homenagem p vc ainda é pouco.

um grande abraço num grande goleiro e amigo.

wagner

Anônimo disse...

Caro Jóbedes,
Como você já frisou várias vezes, O futebol de salão teve, em Campina Grande, muitos muito bons goleiros. No momento em que Mozar, Garrincha e o saudoso Humberto de Campos, por razões diversas, se afastaram das quadras, achei que eu iria ser o "bom do pedaço". Mas logo surgiram dois meninos que já chegaram dizendo a que vinham: Zaquinha e Espedito. Não deixavam dúvidas sobre onde chegariam. E chegaram.
Parabens Zaquinha! Inclusive pela pessoa que você demonstra ser.
Tom

jose crispiniano disse...

Zaquinha, grande amigo, jogador, colega do PIO XI,nao posso esquecer das grandes defesas no jogo contra o Guarani de Pocinhos e PIO XI.
Parabens grande amigo Zaquinha, tenho boas lembrancas da pessoa que voce è, homenagem mais que justa ao companheiro e jogador.

abraço
Crispim

JOAO MARIO disse...

Amigo Zaquinha, desculpe o atraso, mais essa homenagem e' mais que justa,pois voce faz parte da historia dos grandes goleiro de futsal da Paraiba.

grande abraço!

jose crispiniano disse...

POR ONDE ANDA ESSE GRANDE GOLEIRO E AMIGO ZAQUINHA?

CRISPIM

Postar um comentário