segunda-feira, 17 de outubro de 2011

MEMORIA DO ESPORTE DE CAMPINA GRANDE - RELIQUIAS DO FUTEBOL AMADOR


POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES

Resgatar a Memória Esportiva de Campina Grande, trazendo ao conhecimento da atual geração os feitos e nomes daqueles que um dia marcaram presença em nosso esporte é de suma importância, pois, muitos foram aqueles que se dedicaram, quer ao futebol, basquete, voleibol, tênis de mesa, atletismo, ciclismo,  enfim, às mais diversas modalidades e é isso que, nessa primeira etapa, hoje estamos fazendo.


Prestigiar a todos aqueles que de uma forma ou de outra estão ou estiveram ligados ao esporte é obrigação de todos nós, pois, eles representam para a juventude um exemplo de vida a seguir. 
Não importa, se grandes vencedores ou não, o que importa é que eles fizeram os Momentos de Glória do Nosso Esporte e com dignidade honraram a camisa que vestiram, os clubes e as equipes que defenderam, quer como esportistas, quer como dirigentes.

Não importa se eles conquistaram os louros da vitória ou sofreram o amargor da derrota ao longo da carreira esportiva, o que importa é o nosso dever de render-lhes homenagem, tanto aos que convivem entre nós, como aos que já partiram, pois, eles marcaram época, servem de exemplo, merecem ser lembrados e figurar nos anais da história do esporte campinense.

Alguns ainda vivem, outros viveram intensamente os Momentos de Glória do Nosso Esporte, quer na infância, na juventude ou na maturidade, todos, porém, deixam para a geração presente e futura, o exemplo de que: É muito melhor, arriscar coisas grandiosas, alcançar triunfos e glórias, mesmo expondo-se à derrota, que formar fila com pobres de espírito que vivem numa penumbra cinzenta e não conhecem vitórias nem derrotas.


Abaixo uma das grandes equipes de futebol amador de nossa cidade do passado. A equipe do raposinha campeã do futebol amador da cidade de 1963.






Equipe campeã amadora da cidade do ano de 1963 promovida pela LCAF (liga Campinense de Futebol) .
Em pé: Vando , sarau, Elias Trojão, Juju, Betinho Mota e Nilton Sival
Agachados: Natal, Vado Agra, Bobó, Humberto Mota e Toinho das Ovelhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário