quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

GRANDE DESPORTISTA DE CAMPINA GRANDE - AUDÍRIO NOGUEIRA

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES


Audírio Nogueira - é um bom exemplo de vida no esporte..






Aqui neste espaço virtual já prestamos homenagens aos que já se foram, mas precisamos sempre prestar as devidas homenagens aos que vivos são exemplos de conduta para todos os demais.

Um líder que dá exemplo ensina mais aos seus comandados do que aquele que age com autoritarismo descontrolado e com postura ditatorial. Audirio Nogueira foi de uma rara grandeza que não pude deixar de escrever um artigo a seu respeito.

Conheci melhor esta figura ilustre da nossa cidade, fazendo exercícios semanais na pista de atletismo do Colégio Estadual da Prata onde ele era um dos preparadores físicos e treinador de algumas modalidades de esportes. Escutava suas palavras enquanto dávamos voltas ao redor do campo, explicava como gostaria de ver o esporte em sua cidade, eram palavras sinceras de uma pessoa honesta, assim fui conhecendo o professor Audírio Nogueira, que foi técnico de esporte amador dos mais completos que conheci. Tanto que foi escolhido a dedo por reconhecidos conhecimentos do handebol a formar a comissão técnica da seleção do Colégio anos atrás para disputa de jogos colegiais da época em nossa Campina Grande.

Foi o mentor que implantou em nossa cidade o reconhecido Projeto Handebol onde surgiram excelentes atletas a nível estadual. Dirigiu também outras equipes em nosso município inclusive foi preparador físico e Treinador com muito brilho da equipe de profissionais do Treze Futebol Clube, mais a falta de estrutura e a não continuação de projetos nas trocas políticas não deixou muitos projetos serem concluídos, com isso seu trabalho foram cerceadas da profundidade desejada, essas mudanças confiscaram muitas atividades esportivas.

Meu amigo Audírio Nogueira nunca desanimou diante de problemas para ele importava era a evolução de seus atletas, ele era sabedor que as grandes dificuldades ajudam a formar o espírito de um homem, é difícil achar outro Professor Audírio Nogueira em curto espaço de tempo, pois sua obra teve uma dimensão enorme que está marcada na mente de seus alunos atletas que o estimam até hoje e guardam na sua memória os aprendizados de vida e do handebol que ele lhe administrou. Com certeza Nogueira foi um vencedor e um grande desportista para quem o conheceu, e só temos que elogiar e agradecer por tudo que fez em prol do esporte da nossa cidade e a imagem positiva que sempre esteve vinculada a seu trabalho.

ALGUMAS FOTOS DE NOGUEIRA COM DESPORTISTA, ATLETA E TREINADOR:


                                               ANTES                                  DEPOIS







10 comentários:

Anônimo disse...

Nogueira foi um dos maiores e melhores treinadores de atletismo, e de equipes de handbol nos colégios e universidades de Campina Grande, além de ser também um excelente atleta. Era disciplinador (exigente), e fazia com que os resultados aparicessem. Por onde passou deixou boas amizade, será sempre lembrado pela dedicação e exemplo de bom carater.

Marcílio Soares

Eneida Munis disse...

Esse Blog é muito bom, traz várias lembranças Nogueira é um exemplo de profissional e pessoa.

Dinaldo F.Queiroz disse...

valeu Jobão, fiquei muito sensibilizado pelas palavras do amigo. muito legal o seu blog. show de bola ,aliàs, como voce sempre fez nos gramados. abracos
Dinaldo

Geraldo disse...

Este eu conheço desde pequeno. É bom mesmo. É um apaixonado por esporte. Faz o seu trabalho com muito zêlo e carinho. Sou suspeito em continuar falando. Valeu Nogueira, vc merece. Abração. Geraldo ex colega e aluno

Marcia disse...

Parabéns Jobedis pelo seu Museu pela sua trajetória no nosso esporte. Obrigada por esta lembrança e pelo seu carinho com o AAudirio Nogueira meu ex treinador.Tinha convivido com ele no tempo do Estadual da Prata,há uns quarenta anos e fez toda a diferença.Como pessoa e profissional posso atestar a integridade e o profissionalismo de quem conhece e ama o que faz. Sempre inspirado pela mão do nosso Senhor Criador! Abraço.Márcia

Jobedis Magno disse...

Parabéns Jobedis pelo Museu e pela ótima escolha da matéria! Também sou suspeita pra falar, mas desde pequena acompanho a dedicação que Nogueira ofereceu ao esporte amador de nossa Campina, especificamente ao handebol e sua incansável luta pelo reconhecimento deste esporte em nossa cidade.
Muitas vezes ao seu esforço, não foi dado o valor merecido, mas diante de Deus e com esta sua homenagem aqui neste belo Museu do esporte Amador de Campina Grande com certeza foi em vão, pois tudo que Ele colocou em suas mãos para que fizesse, foi feito com excelência.

Parabéns por todos esses anos de doação total por amor ao esporte!! Você é meu exemplo de vida!!
Valeu Jobão pelo seu excelente trabalho digno de grandes elogios com voce sempre foi com grande craque que era nas quadras de nossa cidade no passado.
Edna

BENONI disse...

Nogas, é merecido por esta homenagem, ele foi o grande mestre da minha vida e devo a ele todo o meu desenvolvimento na minha profissão de Educador Físico.

Parbéns pai nogas.
do Filhão mas velho como você sempre chama,Benas.

Benoni.

Anônimo disse...

Ôi, Gente...

Como é bom saber ter sido útil. Como é bom saber ter tantos amigos. Como é saber ser tão lembrado.
Olho pra trás e vejo todos. Não esqueci ninguém. Hoje, um pouco distante dessa atividade que foi meu sopro de vida em priscas eras, desperto, muitas vezes, num bate-papo com minha esposa Eunice, meus filhos, netos, noras e genro, falando do meu passado como desportista na velha Campina de guerra. São causos indeléveis da minha vida junto a tantos alunos-amigos-filhos. No handebol, atletismo, judô e futebol. Como esquecer de Benoni (Benas), Bernardo (Berna), Bala (O Doido), Didi, Cleber (Pereba), Passinho e Bira que nunca perderam o link comigo. Cada encontro é uma festa. São meus meninões. Adoro todos eles. E mais: Xuxu, Vinicius, Mocó, Adjair, os Ricardos: Lopes, Suassuna, Leopoldino, Almeida e Salvador. Eram tantos que os identificava como: Uma Linha, Duas Linhas, Três Linhas e por aí vai. Lembro-me que o nosso saudoso Ricardo Leopoldino eu o chamava carinhosamente de Cinco Linhas. E as minhas meninas? Hildaires, Mônica, Socorro, Luiza Amélia, Fabíola, Zildinha, Vânia? E meus atletas do velho Galo? Adelino, Gilmar, Wilson, Mozart, Lula, Heliomar, Jaime, Israel, Hermes (Pai Tôta), Porto, Lima, Edinho, Edmael, José Roberto, Valdeci (Gaminha), Ricardinho, Brasília, Silvio, Roberval, Mundinho, Luisinho, Adelmo, Fernando Gomes, Gil Paraibano, Paulo Ricardo e, pasmem, Capilé. É... Capilé foi meu atleta de handebol (no SESI) e meu lateral esquerdo do juvenil do Treze.
Bem, Gente. Paro por aqui. Estou lacrimejando e não há espaço suficiente para falar sobre todos que encontrei e dividi as alegrias das vitórias e os choros das derrotas: Alfredo Dantas, Carmem Silveira, Redentorista, SESI, SENAI, o Treze (o nosso Galo) e o meu velho Gigantão da Prata. Só para registro: Esse nome foi eu quem pôs no Estadual da Prata. Foi em 1969. Quando fomos campeões e ganhamos 21 taças. Fiz um cartaz com o desenho do Miudinho (aquele das histórias em quadrinhos) com os braços cheios de taças. Em cima: O GIGANTÃO PAPA TAÇA. Ai caiu no gosto dos alunos e ficou na história. Até hoje. Quem não sabia, sabe agora. É como o jacaré do Açude Velho. Só eu e Ari Rodrigues sabemos quem lá pôs. Digo agora também. Foi meu saudoso grande amigo (contemporâneo de caserna) e um dos maiores fotógrafos já conhecidos na Rua de Campina: Jureni MACHADO BITTENCOURT. Mais precisamente em 1971. Vindo de uma caçada nos pantanais do Mato Grosso. Veio um casal em cima de uma Veraneio num tanque de lona. Acreditem se quiser! Quem não sabia, sabe agora.

Como diz nosso Senador: Beijo, pra quem é de beijo... abraço, pra quem é de abraço.

Nogueira disse...

Desculpem a minha falha. Meu comentário foi grafado como "Anônimo". Cliquei o perfil errado.

Nogueira

Anônimo disse...

Olha amigo Nogueira, mesmo que vc tenha grafado "Anônimo" vc nunca passará despercebido pelo que vc fez pelo nosso esporte, vc merece todos esses elogios, pois vc não se faz notar, vc é notado...parabéns amigo Nogueira...JONAS DIDI

Postar um comentário