domingo, 11 de dezembro de 2011

QUEM ERA CRAQUE - OTO SALGUES

POR: JOBEIS MAGNO DE BRITO NEVES




Mesmo franzino, ele quando entrava em campo mostrava seu futebol agressivo, alegre e visando o bom espetáculo. Sempre foi um rapaz precavido e com ótimo relacionamento social ( nas serenatas que faziamos para as namoradas o Oto embelezava as noites tocando violino). Preocupado com o futuro, se mudou para São Paulo e se formou em Direito, mas  como advogado, ele sempre lembra do seu tempo de jogador. Nunca deixou os estudos de lado. O futebol é passageiro e ingrato. Quando se está bem, todas as portas se abrem, quando se estão mal, essas mesmas portas se fecham sem nenhuma cerimônia.

Hoje morando em Santos /SP o Oto é Advogado militante em Direito Marítimo, Empresarial, Tributário/Aduaneiro e Ambiental, formado em Direito pela Universidade de Mogi das Cruzes-SP e mestrando em Direito pela Universidade Católica de Santos; Cursou Charter Party Practice (Rotterdam, 1986), International Shipping Law (Lausanne, 1987), Shipping Law and Insurance (London, 1990) e Charter Party (Lausanne, 1993). Professor Universitário.

Mais importante que falar de um passado glorioso, é dar um lindo exemplo de  superação. Claro que o mundo mudou, mas devemos continuar a lembrar de nossos craques e de seus exemplos, dentro e fora de campo, e nada melhor o exemplo de vida deste  este antigo craque.

Oto  parabéns por todo seu bom trabalho  como jogador e nos dias de hoje como empresário, sempre com sucesso, querido pelos familiares e  amigos, lembrando como bom  atleta  do futebol amador campinense.

Algumas fotos de antes e depois com familiares e amigos:







O hoje (sentado) com familiares e amigos


Um comentário:

Anônimo disse...

Amigo Oto, feliz em ser seu amigo e ver o sucesso que vc alcançou na vida, superação e acima de tudo amor ao que vc fez e faz, aqui digo...Oto, "ontem, hoje e sempre", que sejas abençoado por Deus todos os dias da sua vida, junto aos seu familiares,mais sucesso e sucesso, do amigo Jonas didi.

Postar um comentário