quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

GRANDE DESPORTISTA - MIRO CHAPEADO

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES



Nesta minha longa carreira de jogador e desportista já tive o prazer de trabalhar com craques, muitos de seleção,  outros grandes  jogadores e de alguns treinadores que fizeram historia em nossa cidade no passado. E poucos tiveram a felicidade de serem orientados por esse senhor de cabelos hoje grisalhos, fala mansa com,  sotaque de paraibano do  interior. 

Aprendi demais nessa minha caminhada como atleta ganhei e perdi partidas, adquiri grandes amizades por aonde passei e  também adquiri grande conhecimento dentro do esporte,  como lidar com o ser humano saber distinguir o bem do mal e com certeza isso não se apaga de nossa memória da noite pro dia.

Para mim, além de prazeroso, é uma grande honra falar sobre Miro Herculano ou simplesmente Miro Chapeado como carinhosamente era chamado no esporte de nossa cidade no passado. Miro jogou no Treze no seu inicio de carreira,  depois foi para o Campinense que estava voltando seu time de futebol (onde foi o primeiro artilheiro na década de 50). Conforme fotos abaixos:



Depois Miro ficou jogando pelo Campinense amador (foto abaixo)



e no time da raposa de futebol de salão.

Em 13 de março de 1958, os dirigentes e alguns associados do Campinense discutiram a probabilidade da profissionalização da equipe amadora de futebol do clube, pois o esquadrão tinha conquistado os três últimos vice-campeonatos da cidade (1955/1956/1957). Neste momento, havia uma grande expectativa em criar uma equipe de futebol capaz de competir de igual para igual com o Treze.

Os atletas começaram a chegar (1958) para reforçar o quadro de jogadores do clube (Ao lado uma equipe de 1958). As primeiras contratações do Campinense foram o goleiro Josil e o meia-esquerda Bruno. Seguiu-se uma série de contratações: o meia-direita Tim, o centro-médio Jaime, do Esporte, e o apoiador Zito, que atuava na cidade de Patos. A equipe também contava com nomes conhecidos como Marinho Eudes, Paulo, Gilvandro, Murilo, ex-atletas do Guarany, do Senhor Elias Mota, principal equipe de futebol amadora dos anos 50 da cidade de Campina Grande.


Muita conquista esse admirável jogador e técnico conseguiu jogando ou dirigindo grandes; médios e pequenos clubes, ganhando títulos ou elevando suas equipes a divisões maiores de acesso não importando a condição da agremiação que contratava seus serviços Miro Chapeado  sempre foi à mesma pessoa dedicada ao trabalho com olho clinico pra descobrir e lançar talentos, bondoso nas horas que devia ser e austero também nas cobranças aos seus subordinados.

 Hoje aos 70 e la vai fumaça anos de idade prestes a se aposentar, ainda sente-se um jovem em inicio de carreira,  mantém grande afeto a todas as pessoas que trabalharam  ou jogaram com ele muitos deles foram adversários e concorrentes no mercado de trabalho e fala com profunda sabedoria quando a palavra é futebol.

Valeu Miro.


4 comentários:

Anônimo disse...

VALEU JOBÃO , ESSA É MARCA REGISTRADA, MIRO O GANDE PEQUENO CRAQUE, COMO JOGADOR E COMO TÉCNICO E NÓS TIVEMOS A PRAZER DE SER TREINADO POR ELE, TODOS OS DIAS PEGAVA TODOS EM CASA PRA TREINAR NA AABB AS 5:00 DA MATINA, ERA PROFISSIONAL O MIRO CHAPEADO, GRANDE ABRAÇO PARA TODOS. ESPEDITO VILAR

Francisco Quirino disse...

Amigo Jobão,
primeiro quero te dizer que vc tem tudo pra ser um grande escritor.
Segundo: dizer as qualidades do Miro, seria muito dificil, endosso todas as suas palavras e digo sem sombras de duvidas se antigamente ficamos em um nivel superior no futsal da Paraiba e do nordeste, o Miro tem uma grande parcela nisto, e sempre vou ser grato não só a ele, mas a vc tbem que até ja jogou pelo Campinense foi campeão por varias vezes, apesar de ser Trezeano, jogava porrada pra todo lado para vencer. Voce era meu idolo pela sua garra.

Francisco Quirino

JOÃO MARIO disse...

O velho amigo Miro, foi um dos responsavéis, ou mesmo o responsável direto pela introdução do FUTSAL em nossa cidade.Assistia os treinos na quadra de cimento do antigo CC, situado na Pr.Cel.Antonio Pessoa e via o entusiasmo de Miro junto com Renato Ribeiro, Eudes do Ó, Neiva e outros para a formação do futsal do Campinense Club.
Miro depois foi técnico e tivemos grandes embates e aí que entra a consequencia dos que praticam o esporte : fazer amizades. E até hoje somos grandes amigos, embora nunca jogamos juntos, sempre formos adversários mais o respeito era mutúo.
Não me sai da lembrança o "batismo de fogo" do ESTUDANTE, todos com a idade entre 16/17 anos onde enfrentamos o CC formado por NEIVA - EUDES DO Ó - GIL SUASSUNA E MIRO.
Parabens Miro, voce foi decisivo para a evolução do Futsal em nossa cidade !

Jobedis Magno de Brito Neves disse...

ABAIXO e-mail que foi enviado para Miro, pelo nosso colaborador João Nario a resposta da filha dele e a replica do João!

Amigo Miro, ai vai o endereço do blog onde o Museu Virtual faz uma homenagem a você.
Logo abaixo voce verá os comentarios !
Aguardo retorno !

abçs
João Mario

Caro João Mario,

Acabei de mostrar o blog para meu pai (Miro) e o mesmo ficou muito feliz em ver tal homenagem. Cheguei a imprimir para ele visualizar com mais calma, já que é uma pessoa bastante analógica e gosta tudo no papel.
Bom, tomei liberdade em responder este e-mail pelo simples fato dele deixar as coisas para amanhã e muitas vezes este amanhã não chega... e você estava aguardando um retorno.
Infelizmente aconteceu a festa aí em Campina Grande e "passou batido" devido à correria do dia-a-dia, mas agora já estou por dentro do assunto e sugeri que ele fizesse uma coletânea de fotos e uma breve história que teria o maior prazer em digitalizar tudo e enviar para você. Portanto, só nos resta aguardar...kkkkk às vezes o tempo dele não é igual ao nosso...
Se quiser algum material específico, basta me informar que dou um jeito por aqui !!!

Um abraço,

Mariana Souto.
(filha caçula)



Re: Museu do Esporte
Date: Fri, 17 Feb 2012 19:57:13 -0300

Mariana, boa noite !
Estou muito feliz em saber que o amigo Miro tomou conhecimento dessa pequena mais sincera homenagem !
Quando do III Encontro dos Amigos do Esporte, realizado em dez ultimo, Miro fez falta sim ! Varios atletas que jogaram com ele e que foram treinados por ele estavam lá :Toinho, Alexandre, Mozart etc. como também o Renato Ribeiro que jogou com ele e nós que jogamos no Estudante, como Erção, Garrincha e o “veim aqui”! rrsrsr !
Não sei se voce viu os comentarios que os amigos que acessam a página fazem.Fica logo abaixo do término da cronica feita por Jóbedis.
Claro que esperamos ansiosos pela historia e fotos, pois será publicada, com certeza.
E a novida é que estaremos lançando brevemente o CD personalizado com a historia de cada homenageado e outros assuntos.
Espero retorno.

e grande abraço para toda a familia !

João Mario

Postar um comentário