terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

CANTINHO DA SAUDADE - JORGE

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES



Quem foi desportista ou jogador do passado se lembra de "Jorge irmão de Natal". Atleta de futebol de Campo e de salão de alguns times e de alguns colégios da nossa cidade . 

Pessoa do mais alto gabarito, pessoal e profissional. Foi atleta do nosso esporte amador nas décadas de 60 e  de 70.  Foi um baluarte do esporte campinense, foi também bancário e professor de alguns colégios de nossa cidade, símbolo de competência aonde atuava, pois era um homem inteligente que sabia tirar lições em tudo e mantinha um circulo de amizade invejável. 

Desportista apaixonado foi lutador, estudante nato, trabalhador irrepreensível e admirado, se no dicionário “saudade” é a lembrança triste e suave de um bem passado a lembrança de "Jorjão” será sempre de alegria, pois foi uma pessoa que marcou sua vida pela qualidade e sempre primou pela família, trabalho e amigos. 

Jorge era engenheiro e quando vinha para Campina Grander rever amigos teve um grave acidente de transito que lhe tirou a vida. Seus colegas ainda guardam na lembrança as suas piadas e tiradas inteligentes que alegrava as mesas de bares, festas e reuniões. Ser agradecido é sinônimo de ser alegre,pois ficamos felizes e agradecidos de você nos ter tido como amigos, nunca esqueceremos suas brincadeiras e seu coração cheio de alegria.

Grande amigo está longe alguns anos mais está viagem que você fez foi para ficar no mais alto pódio... que é o " Reino de Deus " e encontrou a paz.

Algumas fotos do grande Jorge:


Jorge quando jogava no campeonato bancário pelo banco Auxiliar



      JORGE NO ESTUDANTES     

COLÉGIO PIO 11






5 comentários:

Anônimo disse...

Que saudade do grande Jorge, companheiro de tantas partidas no Campo do Textil em Campina Grande, num time inesquecível com Antonio Henrique, Marcos Soares, Aluízio Neguinho,Gil, Carlinhos e outros que falha a memória.Lembro bem dos dois anos sem perder uma só partida.
E o dia da derrota , Carlinhos atrasou a pelota e ela parou numa poça de água, foi muito choro. Que saudade dos bons tempos.

Anônimo disse...

Não fui um amigo/parceiro do Jorge, mas tenho algumas lembranças desse lado alegre dele quando ao assistir jogos e em bares via que era uma pessoa legal, pessoa companheira, isto vejo através dessa sua postagem...que Deus o tenha num bom lugar.
Jonas didi

Anônimo disse...

Jorge,boa índole,companheiro de todas as horas.Joguei com ele no Estudantes...nos deixou prematuramente.
Saudades!

Vadinho

JOÃO MÁRIO disse...

Jorge era dessas pessoas que você ficava feliz ao encontrar ! Sempre alegre, bom amigo, jogava futsal e futebol com muita raça e nada estava perdido para êle.
Estudou, trabalhou e viu seus esforços premiados quando formou-se em engenharia !
infelizmente nos deixou muito cedo.Foi uma grande perda não só para a familia, claro, mas para o esporte em geral.
Tive a portunidade de jogar com JORGE no ESC no time futebol.
Saudades do velho Jorge !

carlinhos disse...

Um grande amigo, tive oportunidade de jogar com Jorge no Estudntes, excelente atleta, bom professor. Gostava de tomar uma cachacinha e cantava músicas de Jair Rodrigues. Um domingo no Estudantes sem Jorge era diferente. Sinto bastante saudades de Jorjão.

Postar um comentário