quinta-feira, 1 de março de 2012

CANTINHO DA SAUDADE - PAULO BUXUDO

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES

Outro grande jogador que surgiu na época romântica do futebol campinense foi Paulo Buxudo, centroavante que tinha um chute preciso e decisivo para fazer os gols de seu time, assustando terrivelmente os adversários. Começara a revelar-se, ainda jovem, nos anos cinquenta, disputando peladas pelos campinhos a fora e, depois, brilhando na peladas que eram disputados, sendo artilheiro de várias edições.

Paulo Buxudo tinha poder de definição no ataque. Quando recebia as assistências, o craque olhava para a posição do goleiro, soltava um petardo no canto diferente da posição do goleiro, definindo a partida.

No futebol de pelada chegou a arrebentar com as redes adversárias, com o seu senso de colocação, ocupando os espaços necessários para definir a partida. Jogou em alguns times do bairro do São Jose (Nautico, Fluminense, Everton  (Foi um dos fundadores do time) entre outros) e no time do Estudantes. Sempre atuante no esporte, com o tempo,teve que abandonar o esporte para poder estudar.

Paulo Buxudo não esta mais entre nós mas deixou um marco histórico no contexto do futebol amador de Campina Grande, que naturalmente serviram e que pode resultar em subsídios para os jovens sobrinhos que estavam começando no futebol tivessem nele um grande professor. 

Formou-se em engenharia e brilhou na nova profissão até que um dia foi chamado pelo ser supremo para o outro mundo. 

Deixou saudades.

Algumas fotos do Atleta e desportista Paulo Buxudo:














8 comentários:

Anônimo disse...

Tive o privilégio de uma boa convivência com Paulo.Moravamos na mesma rua(Felipe Camarão)e quando me iniciei na pelada(dentro do Grupo Clementino Procópio)foi dele as primeiras orientações,em como bater na bola e colocações para receber os passes.Boas recordações,terminado o curso de engenharia foi residir em Salgueiro(PE) assumindo cargo no DER.Boa índole,bom carater e um grande amigo.Nos carnavais de antanho,formava com João Mario uma dupla explosiva.

Abraços

Vadinho

Betinho Mala Véia disse...

Este foi sobretudo um homem vencedor, foi meu colega na Politécnica e um aluno exemplar, colega amigo de todas as horas. Após formar´se em engenharia passou em concurso público no DER de Pernambuco e ali trabalhou muito tempo. Morreu prematuramente, mas deixou um exemplo de vontade, luta e destaque.
No futebol, todos os que conviveram com eles viram um centro-avante fora de série, um goleador nato. As suas gozações, as suas piadas sempre alegravam o ambiente.Deixou muitos amigos,que sentem sua ausencia. Não podemos esquecer que era piloto de avião e sempre viajava no seu tecò-teco(paulistinha). Era uma enciclopédia. E vejam que formou-se já com idade superior creio 40 anos.Repito uma personalidade que é para a gente lembrar.

JOÃO MARIO disse...

Jóbedis sou até suspeito para comentar sobre Paulo Buxudo.Conheci Paulo ni incio de 60 quando fui trabalhar no BCO.MAGALHÃES FRANCO onde ele já estava.Criamos uma verdadeira amizade que perdurou até o seu prematuro desenlace.Quando convidei o Paulo para o Estudantes sabia que estava convidando um dos melhores meias atacantes que conheci na nossa pelada ! Chutava como ninguém e tinha um estilo elegante.Digo com certeza que Paulo foi um dos melhores amigos que tive, e que foi outro irmão que tinha !
Com muita luta e força de vontade formou-se em Engenharia e foi por muito anos chefe de residencia do DNER em Salgueiro PE.
Que esteja em Paz com DEUS !

gledes emerenciano de melo disse...

O São José, realmente, foi abençoado! Quantas pessoas de grande valor ali viveram! Paulo foi uma dessas pessoas:inteligente, culto, batalhador, competente, bom caráter,um exemplo de
ser humano!

Anônimo disse...

Além das qualidades acima, Paulo tocava violão como ninguém. Foi bom Pai, bom filho, bom marido e um ótimo tio. Foi também, nas horas vagas, meu professor de matemátida que, de certa forma, me incentivou a optar pela Engenharia Civil.

Martinho - Porto Velho

Osvaldo Pereira (Vadinho) disse...

Jóbedis,


Numa troca informal de e-mails com o irreverente João Mario, recebi do mesmo uma fotografia épica dos carnavais de antanho. Foto na qual esta incluso o saudoso Paulo Graciano(Buchudo),tenho certeza que será uma grata surpresa aos seus descendentes e familiares que não são poucos,né¿


Conhecedor de sua versatilidade, espero que encontres como encaixar a foto no lugar que mereça.


Parabéns pelo belo trabalho!


Abraço


Vadinho

Dinaldo disse...

jobao;

grande homenagem ao velho Paulo Buchudo,meu tio meu gde amigo foi padrinho do meu casamento,valeu a lembrança um figuraço.

Cynnara disse...

Que legal a homenagem a Tio Paulo :-) estudei muitos anos com uma das filhas dele e sou amiga tb das outras duas... sempre admirei e sempre vou admirar a família toda... muito bom ver o reconhecimento a uma pessoa q só plantou o bem :-)

Postar um comentário