quarta-feira, 7 de março de 2012

MEMÓRIAS ESPORTIVAS - SANTOS DE FUTEBOL DE SALÃO

POR: JOBEDIS MAGNO DE BRITO NEVES


Fico feliz quando recebo email com fotos fotos com imagens do esporte de Campina Grande do passado, o email e as fotos são do arquivo de Carlos Tejo o “Cau”.

Segundo Cau no seu email que transcrevo abaixo:

“O time do Santos era formado por garotos, à época, da rua Desembargador Trindade e Praça Antonio Pessoa. Esta foto foi tirada por Alberto de Queiroz, grande radialista e fã do nosso time. Nós treinavamos na antiga quadra do Campinense. O goleiro titular era Espedito que, por razões que desconheço, não estava presente na foto. Esta foto foi feita na final do campeonato juvenil da cidade o qual foi realizado no convento da Conceição e foi uma verdadeira guerra. Nós ganhamos e fomos bi-campeões.

O time titular  era formado por: Gilberto, Toinho Buraco, Hugo Bala, Roberto Agra e Cau Tejo, revezando Beau com Roberto Agra. Como diz, atualmente, Hugo Bala, este time jogava por música, era o Barcelona de hoje (excesso de orgulho). 







































Caro Jobedis.
Estou lhe enviando a segunda fase do Santos.

Esse time foi convidado à participar do campeonato de Futsal de Campina, no ano de 1964. Apesar de sermos juvenís, exceto o nosso amigo Natal, ficamos com a 3ª colocação, perdendo apenas para o Campinense e o Estudantes. Em todo o campeonato perdemos um jogo (Campinense 1 x 0 ) e empatamos com o Estudante. A nova formação:
Espedito(Goleiro), Natal, Lindemberg Cirne, Rogério e Cau Tejo. Dois atletas do time inicial do Santos foram para outras equipes. Toinho Buraco para o Campinense e Hugo Bala para o Estudante. Espedito e Eu (Cau Tejo) preferimos jogar pelo Santos (questão do coração).

             OBS: A GAROTO CALEGUINHA É DAUNINHA,  HOJE ESPOSA DE TOTÓ

Abraços. Cau Tejo

Para acrescentar a história um outro ex jogador e também fundador do time o Roberto Agra assim se expressou por email


Jobedis é bom acrescentar os reservas  do Santos, tais como, Liconln de Miranda(isso mesmo, Dr. Lincoln, oculista; Zé Buraco (irmão do Magro), Manoca (irmão de Hugo). Não havia técnico, e o time era colocado por nós mesmo. Após ter ganho o bicampeonato, Hugo foi para o Estudantes, o Magro e eu fomos para o Campinense. Entrou então Natal, Assis Cara Véia, Rogerio, Lindemberg (que hoje é engenheiro da Petrobras), Belo Madalena, e o time disputou o campeonato de adulto, junto com GM, Estudantes, Campinense, AABB, Treze, etc . . .



Grande abraço meu amigo Cau estas fotos só enaltecem não só sua carreira, mais de todos seus amigos que serviram de base a grandes equipes do nosso futebol amador.





3 comentários:

JOÃO MARIO disse...

Amigo Cáu, de fato esse time de voces era de fato muito bom ! Era um time que tocava bem a bola e dificil de marcar ! Sei porque joguei contra e tivemos que correr muito...rsrrsr !
Claro que voces merecem ser lembrados como um dos bons times de futsal da nossa Campina.
E como vimos, foi um celeiro de craques !
Expedito (um dos maiores goleiros de futsal e futebol), Toinho Buraco, Roberto Agra, Hugo e Natal,todos eles jogaram em outros grandes clubes !

Anônimo disse...

Realmente, o Santos da 1a. Formação, com Hugo, Toinho, Cau, Roberto Agra, Beau e Expedito, era um time que jogava um futebol de Salão muito bonito para a época. O forte do Santos era o seu toque de bola, aprimorado nas peladas na quadra de cimento do Campinense Clube da Des. Trindade. Como ninguem queria jogar de goleiro, então, estipulamos que iriamos jogar sem goleiro mesmo, e só valia gol de dentro da área. Como a área no futebol de salão é muito pequena, então, só poderíamos chegar na área com um toque de bola muito bom, envolvendo os adversários. Por jogarmos juntos há muito tempo, todos já sabiam como se colocar e ser vistos pelos companheiros. Uma vez, conversando com Hugo sobre o Santos, eu disse que o Santos jogava melhor que o Barcelona de hoje, pois, o que o Barcelona faz em um campo oficial de 60x90, nós já fazíamos isto sendo que fazimaos dentro de uma quadra de futebol de salão, que é muito menor e muito mais difícil.
Uma vez, ganhamos um campeonato na quadra da Conceição, isto com o time reserva, porque os caras proibiram a inscrição de Toinho e de Roberto Agra, alegando um motivo totalmente sem fundamento. Só perdemos o 1o. Jogo de 1 x 0, porque Hugo Bala não jogou, porque viajou para a Serrinha. Uma fazenda nossa lá em Serra Branca. Podem perguntar a Hugo, Toinho, Roberto, Cau, Chico Pinto, Zé Buraco,Beau, etc. O time do Santos chegava ao ponto de um jogador nosso na cara do gol, entregava para o companheiro do lado para fazer o gol que estava mais fácil.
Realmente foi um time maravilhoso.

Hermano Gomes (Manoca) Irmão de Hugo Bala.

Roberto Agra disse...

Jobedis, valeu a lembrança e homenagem ao Santos.

Postar um comentário